Via-sacra de Sebastião Salgado

260417093305.jpg
.

“O exercício da via-sacra (composta de 14 estações), como também é chamada, consiste em que os fiéis percorram, mentalmente, a caminhada de Jesus a carregar a Cruz desde o Pretório de Pilatos até o monte Calvário, meditando simultaneamente na Paixão de Cristo. Imitação da via crúcis” (Wikipédia).

 Em plena Sexta-Feira da Paixão, busquei alguns filmes na Netflix recomendados por blog de meu amigo. Dentre vários, estava lá o documentário “O sal da Terra”, sobre a vida do fotógrafo Sebastião Salgado. Ele é brasileiro, mas o documentário foi dirigido pelo alemão Wim Wenders, narrado em francês (legendado em português). 

 Sebastião Salgado era economista, sua graduação, pós-graduação para ser um fotógrafo dos problemas da humanidade, isso em branco e preto. Ainda vive, idoso, cuida  da ONG Instituto da Terra. Percorreu o mundo, fotografou a face humana em todos os rincões do planeta.

 

Não sei se o universo conspirou ou foi obra do Espírito Santo a minha escolha, mas vivi a via sacra da espécie humana pela tela, inclusive a 15ª estação, que é a Ressurreição. A via sacra tradicionalmente tem 14 estações, mas os padres mais pedagogos, que gostam de ensinar não apenas o sofrimento, mas também a alegria de construir um mundo novo, criaram a 15a estação, que vive a Ressurreição do Senhor.

 Depois de registrar tanta miséria, tanta guerra, tanta desgraça em suas fotos em preto e branco pelo planeta, ele resolveu fazer alguma coisa pela vida, ou seja, transformar a seca e arreganhada da Fazenda dos Salgados, no município de Aymorés-MG, que um dia foi verdinha na sua infância. Reflorestou, repovoou de bichos e recriou cachoeiras.

  OBRAS – LIVROS SÓ DE FOTOS

 Trabalhadores (1996) ISBN 8571645884

Terra (1997) ISBN 8420428744

Serra Pelada (1999) ISBN 2097542700

Outras Américas (1999) ISBN 8571649030

Retratos de Crianças do Êxodo (2000) ISBN 8571649359

Êxodos (2000) ISBN 8571649340

O Fim do Pólio (2003) ISBN 8535903690

Um Incerto Estado de Graça (2004) ISBN 9722109839

O Berço da Desigualdade (2005) ISBN 8576520389

África (2007) ISBN 3822856223

Gênesis (2013) ISBN 3836538725

Perfume de Sonho (2015) ISBN 9788869656255

 PRÊMIOS BRASILEIROS E INTERNACIONAIS

 Prêmio Príncipe de Astúrias das Artes, 1998.

Prêmio Eugene Smith de Fotografia Humanitária.

Prêmio World Press Photo

The Maine Photographic Workshop ao melhor livro foto-documental.

Eleito membro honorário da Academia Americana de Artes e Ciência’ nos Estados Unidos.

Prêmio pela publicação do livro Trabalhadores.

Medalha da Inconfidência.

Medalha de prata Art Directors Oub nos Estados Unidos.

Prêmio Overseas Press Oub oí America.

Alfred Eisenstaedt Award pela Magazine Photography.

Prêmio Unesco categoria cultural no Brasil.

40º Prêmio Jabuti de Literatura: categoria reportagem

Quando menino, eu chorava em filmes da Paixão de Cristo, nesta Sexta-Feira Santa (2017) voltei a chorar assistindo ao documentário. Assista em: https://vimeo.com/128242266. Vale a pena.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados