Vereadores questionam Prefeitura de quanto o município gasta com aluguéis

080221155849.jpg
.

Na primeira sessão ordinária do ano e desta legislatura da Câmara Municipal de Jales, realizada no dia 1º, segunda-feira, os vereadores Carol Amador (DEM) e Hilton Marques (PT) apresentaram requerimento solicitando informações de quantos imóveis a Prefeitura aluga para abrigar repartições e órgãos públicos no município.

Eles justificaram que a Prefeitura tem gastos muito elevados com aluguéis e que estes precisam ser reduzidos. Mas para a fiscalização e acompanhamento dos vereadores, a Prefeitura precisa informar com clareza da situação real do município em relação as locações de imóveis.

As limitações orçamentárias do município exigem economias para que os recursos possam ser investidos em áreas prioritárias de políticas públicas.

Usando a tribuna da Câmara, o vereador Hilton Marques justificou o requerimento dizendo que uma das maiores cobranças das pessoas em relação a Prefeitura, é a economia. “É importante que a gente conheça quais os imóveis a municipalidade aluga, quais não estão ocupados e podem ser usados, como é o caso do antigo prédio da Aderj, que hoje é da municipalidade. O último inventário feito foi na época do ex-prefeito Parini, segundo o próprio prefeito Luís Henrique”, disse.

O vereador disse ainda que existem outros requerimentos a serem apresentados por ele à Prefeitura, para dar mais clareza para todos os vereadores, tratando dos imóveis que não existem construções e aqueles que estão sem ocupação e tem construção da qual possa ser utilizada.

Os vereadores, autores do requerimento, pedem ainda para que a Prefeitura encaminhe uma lista contendo o endereço de cada imóvel alugado, o que ele abriga, qual o valor do aluguel, quando foi alugado, a data de término do contrato e o nome do proprietário do imóvel.

O referido requerimento foi aprovado por unanimidade e encaminhado ao Poder Executivo que tem até 15 dias para enviar resposta ao Legislativo. Todos os requerimentos e suas respostas ficam disponíveis ao público diretamente no site da Câmara Municipal de Jales.

 

Deixe um comentário