Vereadores criticam Prefeitura sobre falta de cuidados com meio ambiente

150518102825.jpg
O descarte de pneus às margens da rodovia acontece desde o ano passado sem que ninguém tome providências

Há algumas semanas, os vereadores têm dado demonstrações de que não estão dispostos a segurar sozinhos as críticas crescentes à administração municipal, como aconteceu com o até agora inexplicável aumento do IPTU. A última Sessão Ordinária, dia 7, por exemplo, foi dominada por críticas sobre a falta de atenção com o meio ambiente. Foram aprovados dois requerimentos de vereadores da base do prefeito e um terceiro ficou para a próxima sessão.

O vereador Adalberto Francisco de Oliveira Filho, o Chico do Cartório, que é do partido do vice-prefeito (MDB), reiterou questionamentos que havia feito no ano passado sobre o descarte e queima de pneus às margens do km 151 da Rodovia Elyezer Montenegro Magalhães.

Chico se mostrou irritado com o descaso com que o assunto vem sendo tratado pela Prefeitura. E com razão. Acontece que no ano passado, o vereador encaminhou os requerimentos 176/2017 e 204/2017 pedindo informações sobre o caso e a Prefeitura respondeu que notificaria o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), e Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e a Polícia Ambiental para que fizessem a fiscalização. Só que até agora, nada foi feito e o problema só vem piorando. Como ninguém faz nada, o local está servindo também para descarte de outros materiais e se tornando um “lixão a céu aberto”.

“Informaram que esses órgãos seriam notificados, mas não sei se foram, porque o problema permanece. Aquilo é um crime ambiental. Se não forem tomadas providências, eu vou até o Ministério Público. Acho uma falta de respeito com o meio ambiente. Além das carcaças, agora as pessoas jogam televisores, guarda-roupas e outros objetos. É o meio ambiente que está em jogo. Se o problema são as pessoas ou as empresas particulares que depositam, que resolva o mais rápido possível”, disse o vereador.

No novo requerimento, Chico questionou se algo foi feito para resolver o problema e se a Prefeitura enviou outra notificação aos órgãos mencionados.

É de autoria do mesmo vereador, um outro pedido de informações sobre a possibilidade de implantação de “Ecopontos” em Jales. A sugestão, em forma de requerimento, foi feita em parceria com o colega Tiago Abra. Chico explica que os Ecopontos são locais de entrega voluntária de pequenos volumes de entulho e de grandes objetos, como móveis e resíduos recicláveis e que o sistema é uma realidade muito comum em cidades mais populosas. Sem eles, muitos moradores são obrigados a descartar materiais em locais impróprios, com graves danos ao meio ambiente, como é o caso das estradas rurais e do ponto de descarte de pneus alvo dos requerimentos anteriores.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados