Vereador questiona Prefeitura sobre pontos escuros na cidade

270218153135.jpg
Segundo a Prefeitura, a Marginal Alcebíades Bernardo, no Distrito Industrial III e diversos pontos da cidade receberam braços de iluminação e lâmpadas

 

O vereador Adalberto Francisco de Oliveira Filho, o Chico do Cartório (PMDB), na sessão da Câmara Municipal de segunda-feira, 19, solicitou através de requerimento que a Prefeitura informe qual foi a arrecadação da CIP em 2017. “Eu fiz esse requerimento para saber como estão sendo gastos os nossos recursos, se tem recursos em caixa, e como está sendo feito esse planejamento”, comentou Chico.

O vereador acredita que a prefeitura deveria fazer muito mais do que vem fazendo. Para ele, a arrecadação financeira com a cobrança da Contribuição para Iluminação Pública – CIP é grande, e mesmo assim os problemas não estão sendo resolvidos.

“Há vários pontos escuros na cidade, e nós vereadores, recebemos muitas reclamações de moradores, que solicitam a instalação de novos pontos de iluminação e a substituição de lâmpadas queimadas”, disse.

No requerimento, o vereador questiona, ainda, qual o saldo financeiro atual da conta em que é recolhido o recurso e se a Elektro ainda é responsável pela manutenção da iluminação da cidade.

Prefeitura responde

Em nota divulgada pela Secretaria de Comunicação, a Prefeitura Municipal de Jales, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Mobilidade Urbana, instalou diversos pontos de iluminação pública em vários locais da cidade que se encontravam escuros.

Segundo a nota, a empresa C&F Empreendimentos Elétricos Telefônico e Serviços LTDA, vencedora do processo licitatório, instalou 42 braços de iluminação e lâmpadas de vapor de sódio de 100 watts em locais como a Marginal Alcebíades Bernardo, no Distrito Industrial III, Rua Bauru, Rua Jaçanã, Avenida São Lucas, Rua Figueira Grande, Rua Manoel F. Seca, Rua 19, Rua Projetada IV, Avenida Industrial (Jardim do Bosque), Rua Eduardo F.R. Valle, Rua Geraldo Paulino, entre outras vias em diversos bairros da cidade. Todas as ruas do Conjunto Habitacional João Batista Colodetti também receberam os braços de luminárias e lâmpadas.

Segundo informações obtidas junto a Secretaria de Comunicação, foram investidos mais de R$25 mil na instalação dos braços, lâmpadas, aplicação de materiais, equipamentos e mão de obra. As instalações tiveram início no final do mês de dezembro.

Na nota diz ainda que a Prefeitura, através da Secretaria de Planejamento, está à disposição para receber pedidos para instalação de braços de luminárias em locais onde eles ainda não foram instalados. “Vamos fazer essa extensão aos locais onde ainda não possuem braços de iluminação. Faremos uma nova licitação para implantação de novos pontos de posteamento que existe sem os braços de luminárias”, frisou o secretário da pasta, Nilton Suetugo.

Campo da FEPASA

A Secretaria de Planejamento informou também, através da nota, que o Campo de Futebol “Devanir Alves de Lima”, mais conhecido como Campo da FEPASA, está recebendo uma completa estrutura de iluminação. O projeto contempla quatro postes com 12 unidades de projetores (por poste), com lâmpadas de 2.000 Watts em cada projetor. Com isso, o campo será iluminado por 48 potentes lâmpadas.

“Cada poste terá uma escada com guarda-corpo para que possa ser feita a manutenção. Também vai contar com um sistema de proteção contra descargas atmosféricas (para-raios) e posto de transformação. Toda a fiação e materiais necessários para a instalação do sistema de iluminação já foram adquiridos”, informou.

Em fevereiro do ano passado o Campo da FEPASA já havia passado por obras de adequações e manutenção.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados