Sensibilização sobre Agroecologia e Produção Orgânica reúne produtores rurais em Jales

270218145614.jpg
O presidente da Ecofam, Oscar Gardiano, o palestrante Marco Antonio Castanheira e os organizadores do Seminário, Francisco Leonel e Luiz Carlos

 

Dezenas de produtores rurais de Jales e região participaram, no início da tarde desta terça-feira, dia 20 de fevereiro, de uma palestra de sensibilização sobre o Seminário de Agroecologia e Produção Orgânica que deverá ser realizado em Jales. O evento, que conta com o apoio da Prefeitura de Jales, aconteceu na sede do Sindicato Rural e contou com a presença do presidente da Opac Ecofam, Oscar Gardiano.

A sensibilização contou com palestra do engenheiro agrônomo, Marco Antonio Castanheira, da Ecofam, que falou sobre a importância do seminário para os produtores rurais e fez um convite para que todos aderissem ao curso que será ministrado durante seis meses, também com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, Sindicato dos Produtores Rurais de Jales, CATI Jales, Diocese de Jales, Diretoria de Ensino – Região de Jales, Codeter Noroeste Paulista, Ecofam e Grupo Apoiar de Indiaporã.

O curso de Agroecologia e Produção Orgânica será dividido em seis módulos e será destinado a técnicos em agricultura, produtores rurais, alunos da rede estadual de ensino regular e do ensino técnico, consumidores de produtos orgânicos, professores e outros profissionais.

O objetivo é proporcionar conhecimento em agroecologia, agricultura familiar, princípios físicos norteadores, enfoque científico, implicações na agroecologia, fertilizantes naturais, adubos alternativos, identificação de pragas e doenças, plantas repelentes, inseticidas vegetais, produtos orgânicos, técnicas, procedimentos, metodologia, oportunidades e criatividade.

De acordo com os organizadores do seminário, o engenheiro agrônomo Luiz Carlos Gonzaga e o médico Francisco Leonel, os seis módulos do curso vão enfatizar conceitos, princípios, filosofia e fundamentos de agroecologia (módulo 1), Solo (módulo 2), Nutrição das plantas (módulo 3), Pragas e doenças (módulo 4), Cooperativismo / Economia solidária (módulo 5) e Certificação (módulo 6).

A engenheira agrônoma da Secretaria Municipal de Agricultura, Silvia Andreo Avelhaneda participou da Sensibilização e falou sobre a importância do seminário e dos alimentos orgânicos. “Quando se trata do assunto produção de alimentos orgânicos, a Prefeitura tem sido grande parceira, há algum tempo. Hoje os produtores estão muito interessados em transformar suas produções convencionais em orgânicas. Temos atualmente um barracão no Comboio, cedido pela Prefeitura, que valoriza o trabalho desses produtores rurais que focam na produção de alimentos orgânicos. Essa Sensibilização e o seminário, juntamente com outras ações apoiadas pela Prefeitura ao longo do ano, buscam valorizar nossa pontuação durante a avaliação do projeto Município Verde Azul. Esperamos que o Seminário de Agroecologia e Produção Orgânica possa sair do papel e se destacar em nossa cidade, já que o setor de Olericultura é uma das nossas principais cadeias produtivas no município. Vamos continuar dando total apoio a esse novo nicho da agricultura. Nosso secretário Hilário Pupim colocou nossos técnicos à disposição para orientações, um convite ao campo, contato com produtores, e isso é de extrema importância para o sucesso do projeto”.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados