São Paulo é o Estado com maior representatividade no poker brasileiro

290419115735.jpg
Seleção paulista em comemoração ao título brasileiro de 2017. Photo by unknown >>> PokerNews

Campeão do Campeonato Brasileiro de Poker por Equipes em 2017, evento anual que reúne os principais competidores do país, o Estado de São Paulo conta com competidores de classe mundial se destacando em várias frentes e é um exemplo de organização para o poker brasileiro.

Não há nenhum segredo específico para o sucesso de São Paulo no jogo de poker, mas há alguns fatores que são muito importantes para o crescimento desse esporte no Estado, como a grande concorrência interna, uma ótima estrutura para a prática do poker e o fato da região receber alguns dos maiores eventos da modalidade no Brasil.

Palco de grandes eventos

Principal centro econômico e financeiro do país, São Paulo também pode ser considerada a capital do esporte do poker nacional. Desde 2006, a cidade recebe anualmente ao menos duas etapas do BSOP, uma das principais séries de torneios de poker da América Latina.

Em março desse ano, São Paulo já recebeu uma etapa do BSOP e viu o paulista Pedro Henrique Outor superar 1.211 competidores para vencer o Main Event. Outor, que disputava apenas seu quarto BSOP, não era considerado o grande favorito na mesa final, mas mostrou a todos o seu talento em uma das grandes etapas do ano até aqui.

“Estou muito feliz, é o meu quarto evento no BSOP. Você quer ganhar, mas não é imaginável estar aqui nessa mesa, cheia de profissional e ganhar. É fantástico, desejo a todos jogadores de poker que um passem por isso, é muito bom”, contou o paulista em entrevista para o site SuperPoker.

São Paulo ainda será palco de mais duas etapas até o fim do ano. A mais importante será o BSOP Billions, que além de marcar o encerramento da temporada em dezembro, vai decidir o novo campeão brasileiro.

“O BSOP Millions é sempre o momento especial do ano, eu gosto de falar que é o nosso carnaval. Todo mundo que trabalha lá na Marquês de Sapucaí termina fevereiro e já começa a planejar o próximo ano, para a gente é a mesma coisa. Só que o nosso carnaval do poker acontece em novembro e dezembro”, disse Devanir Campos, um dos fundadores do BSOP e diretor de torneios do circuito.

“É o momento mais especial do ano, a gente espera o ano inteiro planejando — com muito trabalho para isso tudo acontecer”, completa ele.

Não para por aí. São Paulo também está na rota da 888Live, série de festivais de poker que é realizada anualmente em várias cidades ao redor do mundo. Em 2017, por exemplo, no espaço de eventos Casa Bossa, localizado no Shopping Cidade Jardim, o 888Live Festival São Paulo contou com grandes estrelas nacionais e internacionais.

Além de ter contado com as presenças Denílson e Cafú, dois pentacampeões do mundo pela seleção brasileira de futebol, o evento recebeu grandes estrelas como a sueca Sofia Lovgren, a canadense Kara Scott e o britânico Chris Moorman.

Grandes competidores

Nenhum Estado do país tem tantos competidores de grande nível nas modalidades ao vivo e online como São Paulo. Para se ter uma ideia, o Estado conta com três representantes entres os 15 melhores do país no poker online, de acordo com ranking do PocketFives, portal especializado que registra resultados do mundo inteiro nas plataformas online.

No grupo dos melhores do país há quase uma década e com um dos currículos mais impressionantes do poker mundial, Caio Pessagno é um dos grandes nomes nos feltros online  de São Paulo. O paulista tem com principal característica não desperdiçar muitas fichas durante os torneios.

“Gosto de jogar muitas mãos, muito para frente. Para isso, é preciso ter controle absoluto de seu stack, não desperdiçar fichas. Saber controlá-las é fundamental no desenvolvimento do torneio, e acredito que essa seja uma das minhas melhores qualidades. Como a maioria dos jogadores de poker, minha dificuldade é manter a linha de raciocínio estável, nem muito baixa nem muito confiante. Falando assim pode parecer simples, mas é um dos maiores obstáculos enfrentados pelos jogadores”, disse ele em entrevista para a revista Card Player.

No ao vivo, o número de competidores paulistas que se destacam no cenário nacional e internacional impressiona ainda mais. Nomes de grandes estrelas, como André Akkari, Thiago "Decano" Nishijima, Felipe Mojave e muitos outros destaques, ajudam a colocar o nome do poker paulista na prateleira de cima do esporte nacional e internacional.

Decano, por exemplo, é integrante da seleção brasileira de poker e é um dos únicos brasileiros a conquistar o bracelete de ouro na World Series of Poker (WSOP), considerada a Copa do Mundo do poker.

"Decano com bracelete de ouro conquistado na WSOP”     Photo by unknown >>> PokerNews >>> 

Akkari, por sua vez, conquistou a série mundial em 2011 e tem no seu currículo conquistas de etapas do BSOP em sua bela trajetória. Já Mojave é dono de uma carreira consolidada no Brasil e uma em trajetória ascendente no exterior, que tem sido seu foco nos últimos anos.

Menção honrosa

Vale destacar a paulista Vivan Saliba. Campeã paulista de Omaha em 2015 e com participações em eventos da WSOP, Saliba, apesar de jovem, já tem uma carreira sólida e serve de exemplo para muitas mulheres que buscam se profissionalizar no poker.

 

“Embaixadora do 888poker, Vivian Saliba é uma das mulheres com maior representatividade no poker latino-americano”    Photo by Alin Ivanov >>> PokerNews

No ano passado, ela recebeu a oportunidade de ser a capitã da equipe brasileira do 8-Team no Main Event da WSOP, um torneio de seleções onde estão presentes grandes nomes desse esporte.

Na WSOP 2018, que contou com 7.874 entradas, Saliba era uma das cinco mulheres inscritas na faixa etária de 21 a 25 anos, o que faz dela uma referência para o público feminino. No torneio, ela terminou no 54º lugar do Evento #19.

Conjunto de fatores de sucesso

Dos eventos de grande porte que recebe até os grandes competidores oriundos da região, São Paulo conta com a maior representatividade no poker brasileiro e tudo indica que isso não deve mudar tão cedo.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados