Reformas nas praças de Urânia e Fernandópolis vão custar um terço da de Jales

300320112651.jpg
.

As polêmicas e caras reformas em praças centrais, bastante vistosas e oportunas em ano eleitoral não são exclusividade jalesense. Em pelo menos outras duas cidades da região, Urânia e Fernandópolis, também estão acontecendo obras semelhantes. Porém os valores são muito diferentes. 


Enquanto em Jales, a licitação da obra de reforma da praça Dr. Euphly Jalles previa gastos de cerca de R$ 1,5 milhão, incluindo uma fonte luminosa interativa de R$ 607 mil, em Urânia o valor do convênio é de R$ 480 mil, conquistados para aplicação em infraestrutura urbana, e em Fernandópolis é de R$591 mil conquistados através do programa de MIT (Município de Interesse Turístico) do Governo Estadual. Ambos são projetos mais modestos que o de Jales e já estão em pleno andamento. 


Em Urânia, as obras incluem entre outras coisas, serviços de jardinagem, troca de bancos e piso. Em Fernandópolis, o projeto prevê a construção de um palco para apresentações artísticas.   

 
Apesar das recomendações expressas do próprio município para que a população se mantenha em casa e reduza o contato social, as obras na praça de Jales continuam a todo vapor. Assim como em Fernandópolis, em Urânia, houve redução do ritmo. 


A Prefeitura de Jales informou que está respeitando todas as ações e orientações de prevenção ao Coronavírus, mas confirmou que não vai interromper as obras. 


Na tarde de quarta-feira, a reportagem esteve no local e, sobre as chapas de metal que servem de tapume, foi possível constatar que já houve a retirada de árvores e das pedras petit-pavê que formavam o piso onde os trailers de lanches serão instalados. O antigo banheiro também já foi demolido.

Deixe um comentário

Parceiros

290420095635.jpg
200420103240.jpg 290420095031.jpg
290420100901.jpg
290420103741.jpg

Social

Nenhuma notícia encontrada.

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Você é a favor do isolamento social para combate do Coronavírus?




Resultados