Quatro unidades de saúde que estavam exclusivas para Covid-19 voltam a atender demandas de rotina

080921094306.jpg
A Unidade de Referência de Síndromes Gripais, conhecido como Covidário na Avenida da Integração, continua sendo referenciada no atendimento

Desde quarta-feira, dia 1º de setembro, as quatro unidades de saúde que estavam exclusivas para atendimento de pacientes suspeitos ou confirmados com a Covid-19, desde dia 1º julho, voltaram a realizar atendimentos de rotina.  A informação é da secretária municipal de Saúde, Nilva Gomes Rodrigues de Souza.

Nilva ressaltou que a decisão foi tomada baseada no baixo índice de transmissibilidade registrado no município, redução do número de casos positivos de Covid-19 e também da redução das internações na Santa Casa de Misericórdia de Jales. Ainda, segundo ela, a orientação da Secretaria Estadual de Saúde é de retomada os atendimentos de rotina.

“Portanto, desde a quarta-feira, as unidades de saúde ESF Ozil Joaquim Rezende (Jardim Municipal), a ESF Dr. Francisco Xavier Rego (Jardim Paraíso), ESF Honório Amadeu (Uniamérica) e a ESF Luis Ernesto Sandi Mori (JACB) estão atendendo pacientes com síndrome gripal, ou seja, com suspeita de Covid-19 e também os atendimentos de rotina. Já a Unidade de Referência de Síndromes Gripais, conhecido como Covidário na Avenida da Integração, continuará sendo referenciada no atendimento de toda a demanda de casos suspeitos e/ou confirmados para a Covid-19”, informou a secretária de Saúde.

A reorganização do atendimento na rede de atenção básica das unidades de saúde, visa descentralizar os atendimentos, dar mais agilidade aos trabalhos e garantir mais segurança à população e às equipes de saúde.

As demais unidades, a ESF Leonísio Gambero (Oiti), ESF Shigueru Kitayama (Roque Viola), ESF Setuo Suetugo (São Jorge), ESF Dra. Zilda Arns Neumann (Novo Mundo), ESF Dr. José Cícero Fontes Xavier (Rural), ESF Dr. Getúlio de Carvalho (Arapuã) e Núcleo Central de Saúde (Monterey) também atenderão, além da demanda de rotina da sua área de abrangência, os pacientes com síndromes gripais, com suspeita de Covid-19.

A enfermeira Leidepaula Belon, informou que os agendamentos para os atendimentos clínicos de rotina poderão ser feitos por telefone ou presencialmente nas unidades.

De acordo com o prefeito Luís Henrique, a administração municipal tem feito de tudo para garantir aos munícipes o melhor atendimento, de forma eficaz e segura. “Realizamos diversas ações, tomamos importantes atitudes que contribuíram para melhorar a saúde em nossa cidade, entre elas as  reorganizações das unidades de saúde para o atendimento de Covid-19 que realizamos nos meses de março e de julho, a contratação emergencial de profissionais de saúde que trabalham no enfrentamento da pandemia e a antecipação da campanha de vacinação no município que fez com que Jales figurasse entre as primeiras colocadas no ranking das cidades que mais vacinaram no estado de São Paulo”.

Luís Henrique disse que tudo isso faz parte de uma série de providências que o governo municipal tem tomado e ainda está adotando para enfrentar a fase da pandemia. “Ressalto a todos para que tenham consciência da gravidade desta doença e tomem a segunda dose da vacina”.

Deixe um comentário