Quanto vale o controle?

170717091055.jpg
.

Assim como a TV, somos controlados, por pessoas, máquinas, líderes, dinheiros, crenças, leis e religiões, cada um escolhe o canal e forma nossa identidade. As emissoras são como os altos e baixos dos momentos vividos. Pode ser que com o tempo a sintonia não esteja muito boa, sinais de desistência como chuviscos começam a aparecer, e voltamos a nos congelar e ser apenas um eletrodoméstico comum em exposição.

Nossa TV tem prazo de validade, pode ser que dure anos, pode ser que viva momentos inesquecíveis com os canais pagos, ou apenas sintonize no comum.  Participamos de reuniões familiares, de casais apaixonados, torcidas entre amigos, animações de festas, ou apenas um passatempo para entediados e companhia para os solitários.

Não temos domínio sobre o inesperado, tampouco do futuro, dependemos de apertos de botões, de antenas e energias para funcionar. Precisamos que digitem as senhas dos canais para que portas da oportunidade possam se abrir.

A hipnose do “politicamente correto” toma conta das sintonias, aprendemos quais são os canais favoritos, pois sempre estamos conectados na mesma tela. Não permitimos nos conectar. Não ouvimos, queremos ser ouvidos. E para isso podemos aumentar volumes, nos tornar mais coloridos, digitais, e estar em vários lugares ao mesmo tempo, como: smartphones, TVs, computadores ou tablets. É necessário repetir as mesmas propagandas para nos tornar inesquecíveis.

Com o tempo nossos aparelhos são trocados, até que uma hora nos tornamos substituíveis a ponto de desligarem nossas tomadas e nos “desconectarem do ar”. Mas e quanto as alegrias que proporcionamos, os momentos inesquecíveis e as informações que noticiamos? Nada serviu, tudo foi momento, por isso é bom viver o hoje pensando no amanhã, e não viver o futuro sem estar presente.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados