Prefeito promete dobrar investimento no natal de 2022

231121093645.jpg
As articulações em torno da reativação da Facip nos moldes tradicionais estão bastante adiantadas, faltando apenas a decisão sobre o local onde será

O discurso do prefeito Luís Henrique foi em tom bastante emocionado e seguiu no tema da retomada da esperança para a população. Entre homenagens às vítimas da Covid-19 e congratulações aos funcionários que trabalharam para viabilizar o projeto Natal Tempo de Esperança, LH lembrou que o primeiro ano do mandato de qualquer chefe do Poder Executivo, federal, estadual ou municipal, é regido pelo orçamento deixado pelo antecessor, mas prometeu dobrar o investimento da Prefeitura na decoração e programação natalina do ano que vem, quando o orçamento já terá sido feito pela sua equipe de governo. 

“A Lei Orçamentária Anual de 2022 está na Câmara e se os vereadores aprovarem na integralidade do jeito que está, vamos dobrar o investimento no ano que vem. Então se já está bonito este ano, vai ficar ainda mais bonito no ano que vem”, prometeu. 

Apesar das dificuldades, LH contou que, graças à boa gestão financeira, de compras e pagamentos, a Prefeitura conseguiu melhorar os investimentos no natal, mesmo com o orçamento engessado. 

“A previsão da licitação para compra dos enfeites era de R$ 200 mil, mas recuperou a confiança dos comerciantes, assim conseguimos reduzir para R$ 149 mil. Com o restante, pudemos fazer outros investimentos, como a contratação de atrações, como a Banda Jafferson. Nós pegamos a Prefeitura com R$ 13 milhões de restos a pagar e hoje estamos zerados e vamos entregar 2021 sem restos a pagar, e isso causou uma certa credibilidade com os comerciantes, com os empresários”.

FACIP DE VOLTA

Luís Henrique frisou que é preciso recuperar as tradições populares perdidas ao longo do tempo e anunciou novidades para a mais tradicional festa da cidade, a Facip (Feira Agrícola, Comercial, Industrial e Pecuária de Jales). “É preciso resgatar valores e nós vamos resgatar. Nos próximos dias teremos novidades com relação à Facip. Vamos relocar Jales no caminho do progresso e desenvolvimento, como centro de região, de onde nunca deveria ter saído”.

A reportagem apurou que as articulações em torno da reativação da Facip, extinta na administração Flávio Prandi Franco, estão bastante adiantadas, faltando apenas a decisão sobre o local onde será realizada. Até a questão jurídica sobre o nome da festa está sendo discutida com o procurador jurídico do município, já que pode envolver a legislação sobre o nome do evento. 

A possível realização de uma Facip nos moldes tradicionais que a população estava acostumada não tem relação com o rodeio-show organizado nos anos da administração Flá, que não prestigiava as tradições populares. Os eventos serão organizados independentemente. A Facip pode, inclusive, ser realizada sem cobrança de ingressos. 

PACIFICAÇÃO E PARCERIA 

O lançamento da programação do Natal Tempo de Esperança também ratificou a pacificação entre o prefeito Luís Henrique e o presidente da ACIJ, Leandro Rocca Lima. A relação entre os dois andou estremecida por conta das medidas de restrição do funcionamento do comércio impostas no começo do ano por conta da pandemia.

Luís contou que o clima beligerante começou a se dissipar quando Leandro o procurou para firmar uma parceria na realização da Semana do Freguês. Desde então, outros projetos foram sendo construídos. “A união faz a força e eu quero fazer uma saudação especial ao presidente da Associação Comercial, que assim que soube do nosso projeto prontamente abraçou a ideia e é um grande parceiro. A gente pode ter divergências. Naquele momento, o nosso interesse era preservar vidas e ele preservava o lado do associado. Só que somos parceiros desde março ou abril quando ele formalizou um pedido para que o ISSQN fosse prorrogado e na semana do freguês nós fomos parceiros nessa importante iniciativa, e agora na semana do natal. Tudo isso é para fomentar a economia e melhorar a vida dos jalesenses”, afirmou. 

“Pode contar com a Prefeitura para todos os projetos. Seremos parceiros sempre!”, concluiu.

“Foram momentos difíceis que passamos e agora é o momento de esperança, o momento da vida que precisamos pensar positivos e nós estamos. Foram muitas tristezas e precisamos lembrar disso com saudade, mas a vida segue e precisamos renovar as esperanças para esse ano que vai vir. A gente acredita que vai ser um ano de mudanças, de renovações, comércio forte e que a gente possa mudar o pensamento das pessoas e deixar pra trás o que aconteceu. É muito importante essa parceria que fizemos”, disse o presidente da ACIJ em entrevista logo após o lançamento. 

“Divergências existem e isso é normal. Como o prefeito mesmo disse, eu estava defendendo os interesses dos associados, mas o importante é que estamos juntos e seremos parceiros para o bem da cidade”, destacou Rocca ao jornal A Tribuna.

Deixe um comentário