Por que não?

040917100203.jpg
.

Quando crianças, adolescentes, jovens, adultos, nossas lentes são ofuscadas para o duvidoso e nossos pensamentos para o impossível.  A cada dificuldade colocamos como protagonistas o “medo” e o “fracasso” na nossa história. “É difícil”, “não vou conseguir”, “é apenas para os poderosos”. Acontece que o segredo da vida não é você ganhar o jogo com as cartas certas, é você fazer o jogo certo com as cartas erradas.

Devemos enfrentar os desafios com astúcia e resiliência, quando estivermos de frente com os obstáculos, uma pergunta deverá surgir: por que não? O sucesso não é apenas para os ricos, a universidade não é apenas para os “nerdes”, a carreira profissional tão almejada não é apenas para os “puxa sacos”. Não há limites, para ser quem realmente é.

Quando nos ensinaram a andar mostraram as paredes como apoio, hoje fazemos delas, barreiras invisíveis para as metas que queremos alcançar. O mindset, ou seja, nossa forma de pensar, deve ser de crescimento, empenhados a tentar e otimistas com o resultado e as conquistas.

Steve Jobs, criador da Apple, acredita que pode mudar o mundo com seu propósito. Ou seja, devemos mudar internamente, para mudar o mundo externamente. Então me diz, por que não tentar?

Por que não visualizar sol onde está escuro? Por que não falar invés de ficar calado? Por que não se permitir? Por que não se esforçar sem ter o relógio para cronometrar? Por que não ser você, independente do que vão dizer? Fundador da sociologia, Max Weber, reflete “O homem não teria alcançado o possível se, repetidas vezes, não tivesse tentado o impossível”. Assim, deixo para sua semana, caro leitor, uma indagação: por que não?

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados