Polícia Militar comemora resultados operacionais do mês de maio

130617102822.jpg
O 16º Batalhão de Polícia Militar possui companhias de policiamento sediadas em Jales, Votuporanga, Fernandópolis, Santa Fé do Sul e Cardoso

O Comandante do 16º Batalhão de Polícia Militar, Tenente Coronel PM Antonio Umildevar Dutra Junior, divulgou na terça feira, dia 05, os resultados operacionais do mês de maio, em toda a área de abrangência do batalhão, que envolve 49 municípios, com companhias de policiamento sediadas em Jales, Votuporanga, Fernandópolis, Santa Fé do Sul e Cardoso.

Os números são significativos. 97 pessoas foram presas em 77 ocorrências de flagrante delito; 68 procurados pela justiça foram capturados; 17 menores infratores foram apreendidos; 8 armas de fogo ilegais foram apreendidas; 5,6 Kg de drogas apreendidas e 17 veículos roubados/furtados foram recuperados.

No total, 165 criminosos foram retirados do convívio com a sociedade em toda a área de atuação do 16º BPM/I, sem levar em consideração os 17 menores.

“Os números representam a materializam a produtividade da Polícia Militar que atua 24 horas por dia, 7 dias por semana nos 365 dias do ano defendendo cidadãos de bem e mantendo a ordem pública. Essa é a missão da Polícia Militar”, ressaltou o tenente Antonio Umildevar Dutra Junior.

Atlas da Violência 2017

Os números alcançados pelo 16º BPM/I fazem parte de um conjunto de ações realizadas pela Polícia Militar em todo o Estado de São Paulo. Quase cem mil homens e mulheres vocacionados, preparados e motivados para cumprir sua missão contribuíram para que o Estado de São Paulo tenha alcançado a menor taxa e maior redução de homicídios na década. Atlas da Violência 2017, divulgado no dia 5, destaca o estado de São Paulo com a menor taxa e maior redução de homicídios na década. A análise foi feita pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

O Atlas da Violência mostra que São Paulo teve uma redução de 44,3% na taxa de homicídios dolosos por 100 mil habitantes, entre 2005 – quando o índice foi de 21,9 – e 2015, ocasião em que o indicador foi de 12,2 ocorrências.

Dados mais recentes da Secretaria da Segurança Pública (SSP), divulgados no mês passado, mostram que a taxa de homicídio paulista ficou em 7,92 a cada grupo de 100 mil habitantes, no período de maio de 2016 a abril deste ano. O Atlas observa que entre os 30 municípios brasileiros mais pacíficos, 19 estão no Estado de São Paulo. O ranking leva em consideração cidades com população superior a 100 mil habitantes e soma as taxas de homicídio e de mortes violentas com causa indeterminada (MVCI).

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados
Feliz Natal