Para evitar inundações, Itamar pede melhorias em trevo que custou R$ 2 milhões

130617100952.jpg
Desde a construção do novo trevo, no final de 2013, o local sofre frequentes inundações no período das chuvas

O deputado estadual Itamar Borges(PMDB) esteve reunido na quarta-feira, 07, em audiência com o novo superintendente do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Ricardo Volpi. Na ocasião, Itamar reiterou, mais uma vez, o pedido de canalização do trevo construído na Rodovia “Euphly Jalles”, no entroncamento com a Avenida “Paulo Marcondes” e a vicinal “Vitório Prandi”, nas proximidades da Fuga Couros Ltda.

Desde a construção do novo trevo, no final de 2013, o local sofre frequentes inundações no período das chuvas. O parlamentar faz gestões visando encontrar uma solução para o problema desde o seu primeiro mandato como deputado na Assembleia, mas, apesar de ser um apoiador do governo Geraldo Alckmin, não vem obtendo êxito em seu pleito. “Esse é um pleito antigo que já tratamos com superintendentes anteriores no DER e agora viemos reiterar o pedido com o novo superintendente Volpi”, disse Itamar. Segundo o deputado, a solicitação é para que o DER desenvolva um projeto de captação da água do trevo e canalização até o Córrego Tamboril.

De acordo com Itamar, o superintendente se inteirou do problema e prometeu priorizar o projeto, ressaltando, no entanto, que a obra vai depender da disponibilidade de recursos financeiros. Como o próprio deputado reconheceu, esta não é a primeira vez que ele faz o pedido ao DER. Em fevereiro de 2014, logo após a primeira inundação, Itamar – atendendo solicitação da Fuga Couros encaminhada através de lideranças do PMDB de Jales – procurou o então superintendente Clodoaldo Pelissoni solicitando a canalização do novo trevo.

O pedido da Fuga Couros surgiu pelo fato de a drenagem do local não ter sido executada de forma adequada e, com isso, a água da chuva invade a área da indústria, causando erosões e prejuízos nas instalações da empresa, uma das maiores geradoras de emprego e renda da cidade. Naquela oportunidade, segundo nota distribuída pelo deputado à imprensa, o então superintendente Pelissoni teria aprovado a realização das obras e prometido inicia-las em breve, o que não aconteceu.

Em novembro de 2015, Itamar voltou ao assunto, reiterando o pedido ao então superintendente do DER, Armando Costa Ferreira, e ao secretário estadual de Transportes, Duarte Nogueira. Segundo nota divulgada à época por Itamar, o superintendente teria concordado com a importância da obra e prometido a avaliar a possibilidade de realiza-la o mais breve possível. Mais uma vez, a promessa não foi cumprida.

Obra custou quase R$ 2 milhões

A ampliação do trevo da rodovia “Euphly Jalles”, nas proximidades da Fuga Couros – uma obra aparentemente simples - foi construído pela Construtora Moraes Brasil Ltda e custou nada menos que R$ 1,9 milhão. Em 2013, quando foi anunciada a ampliação do trevo, a assessoria do deputado Carlão Pignatari(PSDB) divulgou que a obra teria sido uma conquista do parlamentar tucano, “que atendeu uma reivindicação da prefeita Nice Mistilides”. Antes mesmo da inauguração, a obra já havia experimentado sua primeira inundação.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados
Feliz Natal