Moradores e produtores rurais comemoram entrega de obras em estradas rurais que ligam Jales a Urânia

120618095455.jpg
Com investimentos de aproximadamente R$ 700 mil, foram reabilitados 6,58 km de vias

 

Moradores que utilizam a estrada municipal que liga Jales a Urânia, denominada JAL 452 e a Estrada Municipal JAL 456, têm motivos de sobra para comemorar a entrega das obras de reabilitação de 6,58 km de vias. Um evento promovido no início da noite da quarta-feira, dia 30 de maio, pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, marcou a entrega das obras aos usuários que se beneficiaram com os serviços de qualidade realizados nas estradas. As vias se encontravam em péssimas condições de trafegabilidade.

Os investimentos somam aproximadamente R$ 700 mil, viabilizados pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo – SAA, por meio do Programa Estadual “Microbacias II”, fruto de um convênio assinado entre a Prefeitura de Jales e a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral - CATI.

Na JAL 452 foram trabalhados 3,28 quilômetros, chegando até a divisa dos municípios. Já na Estrada Municipal JAL 456, foram feitos 3,30 km, terminando próximo à Rodovia Dr. Euphly Jalles (SP 563), totalizando 6,58 km de obras.

Com as estradas recuperadas, nestes dois trechos são beneficiadas em torno de 40 famílias, que desenvolvem a fruticultura, cultivo de seringueira, pastagem e gado de leite, produção de eucalipto e outros meios de agricultura.

De acordo com o secretário de Agricultura, Hilário Pupim, em ambas as estradas foram realizadas obras de conservação do solo, melhoria da plataforma, revestimento da pista de rolamento, drenagem, proteção vegetativa, caixas de contenção e canais de escoamento de águas pluviais tecnicamente planejados. “Fizemos, em alguns pontos críticos, galerias para escoamento das águas de córregos que atravessam a estrada, assim como, em determinados pontos onde havia inundação da estrada, houve a elevação do leito de rodagem”.

Com as obras de reabilitação dessas estradas, o município melhora a qualidade de vida das pessoas que moram nas propriedades rurais, beneficiando o escoamento da produção e o transporte escolar entre as regiões rurais e urbanas. “Sabemos que os agricultores e produtores rurais são completamente dependentes dessas estradas para escoação de seus produtos, bem como para a locomoção com segurança até o centro urbano da cidade. Sem esquecer que elas também geram desenvolvimento”, ressaltou o prefeito Flávio Prandi Franco.

O anfitrião, dono da propriedade em que foi realizado o evento em comemoração à conclusão das obras, sr. Gonçalo Machado, emocionado agradeceu ao prefeito Flá pelo empenho em trabalhar pela melhoria das estradas. Em seu discurso ressaltou: “Eu moro aqui há 66 anos, conheci essa estrada boa e ruim, mas nunca da forma que está hoje. Sei da grande importância que ela tem para o transporte e do sofrimento dos agricultores que aqui viveram e esse presente que estamos ganhando recompensa tudo. O terreno está fértil, adubado, preparado, basta agora semear a semente do progresso, que é o que o senhor prefeito está fazendo. Você é uma pessoa determinada e o futuro promissor vai vir”.

O vice-diretor da CATI, Osmar Guimarães, frisou que quando visitou as duas estradas antes das obras, chegou a desanimar. “Cheguei a dizer que não teríamos condições de realizar as obras, tamanho a quantidade de problemas. Mas em função das necessidades dos produtores, decidimos encarar e tirar o projeto do papel. Estamos extremamente satisfeitos com o resultado obtido. Tivemos total apoio da Prefeitura, Câmara e produtores e queremos agradecer por nos permitirem fazer uma obra desse porte”.

Cerca de 100 pessoas participaram da confraternização. Além do prefeito Flá e do secretário Hilário Pupim, o evento teve a participação da primeira-dama Glauciane Pontes Helena Franco; do vice-prefeito José Devanir Rodrigues – o Garça, vereadores e secretários municipais, funcionários da Secretária de Agricultura, o diretor da CATI, Luiz Antônio Pedrão, o vice-diretor da CATI, Osmar Guimarães, convidados e moradores da região.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados