Jardim do Bosque – um bairro esquecido pela administração

041119095549.jpg
O péssimo estado do asfalto no Jardim do Bosque faz o bairro parecer uma zona de guerra

Quem olha as ruas recapeadas da área central de Jales certamente imagina que não existem ruas esburacadas na periferia na cidade. Por outro lado, quem vai à periferia, imagina que Jales não tem rua asfaltada. A situação em partes do Jardim América, Jardim Paulista, Nossa Senhora Aparecida, Jardim Eldorado, Vila União, Jardim Municipal e Parque das Flores é calamitosa e contrasta com as ruas recentemente recapeadas das regiões mais nobres da cidade. Enquanto o prefeito anuncia pista de caminhada de quatro quilômetros num dos bairros mais valorizados da cidade, os moradores do Jardim do Bosque não conseguem fazer coisas simples como sair de casa, andar de bicicleta, jogar bola na rua ou passear com o carrinho de bebê.    

Contudo, especialmente no Jardim do Bosque a situação é ainda mais lastimável. O bairro está abandonado pela administração municipal há anos e os moradores se questionam para onde vai o dinheiro que eles pagam pelo IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Certamente, os benefícios que o tributo deveria proporcionar não são aplicados naqueles logradouros.

Simplesmente não existe asfalto em grande parte das ruas. A reportagem do jornal A Tribuna esteve no bairro na tarde da última terça-feira, 29 de outubro, Não há foto que consiga retratar o drama que enfrentam os moradores daquele bairro. São veículos combalidos e desvalorizados por problemas mecânicos de vários tipos, desvalorização imobiliária por falta de acesso e até falta de mobilidade dos moradores. “Já quebramos três carros aqui”, disse uma moradora. “Da última vez, a boca do bueiro ficou para cima e arrebentou o assoalho do carro porque nem dava pra ver. Ficaram pedaços do carro na rua. Dias anteriores, quebrou o eixo do carro, e entrou água no motor. Um prejuízo enorme, completou ela, destacando que os acidentes foram registrados em Boletim de Ocorrência e vão virar mais uma das ações contra a Prefeitura de Jales.   

Em algumas ruas, a degradação do asfalto é tanta que os moradores estariam quase impossibilitados de sair e voltar de suas casas, se não tivessem eles mesmos jogado concreto e entulho para tapar os buracos. Receber visitas, então, nem pensar.   

A quantidade de terrenos vazios tem relação direta com a falta de estrutura asfáltica, mas os buracos não poupam nenhuma região do bairro e castigam tanto as ruas mais ocupadas quanto as mais próximas do Córrego do Marimbondinho, como a Avenida Marginal, ou o Jardim do Bosque, como a Vereador Domingos de Rosis Filho.

A consideração que a administração municipal dispensa para aqueles moradores também pode ser medida pela condição das placas de identificação. Mais uma vez, a situação é completamente diferente dos bairros mais nobres que acabaram de receber placas novíssimas. No Jardim do Bosque, quase nenhuma rua tem placa e as placas que existem estão danificadas e não identificam coisa alguma.   

Como o bairro fica em declive, a situação se torna calamitosa quando chove. A água desce as ruas levando asfalto, entulho colocado pelos moradores e tudo o que encontrar pela frente. Quando chega à Avenida Marginal, o volume forma um perigoso rio com forte correnteza. Não raro, as casas são invadidas pela água e objetos são levados para dentro do córrego. “Se a gente está fora e vê tempo de chuva, tem que correr pra casa pra cuidar das coisas. Se estiver em casa, não pode sair. Isso acontece há mais de dez anos”, contou um morador da avenida.

Uma moradora contou que pediu socorro a um vereador da base aliada do prefeito, mas a resposta que recebeu acabou com a pouca esperança que ela tinha de solução. “Ele disse que pobre é assim mesmo. Compra casa em bairro pobre e depois acha que a Prefeitura tem obrigação de arrumar. Não é que a Prefeitura tem que arrumar, mas pelo menos o asfalto tem que garantir porque pagamos impostos e impostos caros para quem tem família. Sai do nosso bolso e é dinheiro que deixamos de dar para os nossos filhos”.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados