Jalesense ganha R$ 1 milhão em promoção do Hospital de Amor

130120094130.jpg
A ganhadora Nicinha Saura entre Ana Maria e Paulo Pimenta, os vendedores do bilhete premiado

 

O ano de 2019 terminou brilhantemente bem para a serventuária aposentada do 2º tabelião de notas de Jales, Edinice Sueli Saura. Ela ganhou o prêmio principal de R$ 1 milhão no sorteio do dia 22 de dezembro, último do ano do Saúde Cap, um título de capitalização da modalidade filantropia premiável que arrecada verbas para manutenção do Hospital de Amor. Nicinha, como é conhecida, começou o ano em férias e só vai decidir o que vai fazer com o dinheiro quando voltar.

Ao programa veiculado pelo Saúde Cap na TV, ela contou que nunca teve sorte, mas que continuava tentando porque o objetivo era ajudar o Hospital. “Estou muito feliz de ter ganhado o prêmio, mas também por poder ajudar o Hospital como eu ajudo toda semana. Aproveito que estamos aqui ao vivo para dizer pra todo mundo que tenha fé, acredite e ajude o Hospital de Amor”.

Moradora do residencial Maria Silveira, Nicinha é prima de Ana Maria Saura Rodrigues, mulher do vice-prefeito José Devanir Rodrigues e fundadora da AVCC de Jales (Associação de Voluntários no Combate ao Câncer). O fato de ter inúmeros parentes e conhecidos que foram atendidos pelo hospital sempre foi uma das suas motivações para comprar os títulos. “Tenho tios e vários amigos que já precisaram de tratamento no Hospital e sempre foram muito bem atendidos. A minha prima é uma das fundadoras da AVCC. O principal é ajudar o Hospital de Amor”

Apesar de valer o prêmio principal, o bilhete de Nicinha (número 078014) foi apenas o quarto sorteado. Um apostador de Estrela d’Oeste, um de Votuporanga e outro de Rio Preto lavaram cada um, prêmios de R$ 10 mil sorteados do “Globo da Sorte”.

Outros 20 apostadores levaram uma moto Honda 160cc 0km sorteadas no Giro da Sorte. Entre eles Síria Jardim de Oliveira do Jardim Eldorado, que adquiriu o bilhete de número 085.181.

SORTUDOS

Nicinha não foi a primeira jalesense a ganhar um prêmio vultoso do Saúde CAP. Já houve prêmios de R$ 180 mil, R$ 200 mil, R$ 300 mil, cinco carros, motos e vários outros prêmios. Houve até quem ganhou R$ 600 mil.

Mas o sortudo mesmo parece ser o vendedor de quem Nicinha e outros ganhadores adquiriram os bilhetes. Paulo Pimenta e a parceira Ana Maria Paulon estão estabelecidos em uma banca humilde instalada numa calçada da Rua Oito, ao lado de uma lotérica. Somente naquele local já foram vendidos 19 bilhetes premiados.

Deixe um comentário