Jalesense fica em 4º lugar em torneio de R$ 10 mil no Rei no River em Jales

010817093406.jpg
Breno Alexander conquistou o quarto lugar no Torneio 10K do clube de Poker Rei no River

O Rei no River, em Jales, se tornou um dos mais movimentados clubes de Poker do Noroeste Paulista e é conhecido por seus concorridos torneios que reúnem dezenas de pessoas no espaço que garante a infraestrutura necessária para que amantes do jogo possam se reunir e passar horas de descontração em um ambiente com clima propício.

Um dos jogadores do Rei no River, Breno Alexander, tem brilhado nos torneios e foi destaque no “10K”, realizado pelo Rei no River, em parceria com Royal Clube de Votuporanga. O torneio aconteceu entre os dias 19 e 23 de julho, garantiu R4 10 mil em prêmios e custou apenas R$ 10 de entrada (Buy In). Dráusio Assunção, sócio de Bruno Saura no Rei no River, foi o diretor de torneio que teve o competidor jalensense Breno, classificado em 4º lugar.

Breno concedeu entrevista ao jornal A Tribuna e falou sobre seu início no Pôker, torneios no Rei no River e suas participações em torneios. Acompanhe:

A Tribuna: Muita gente ainda associa o Poker a jogos de azar e nós sabemos que não é. Como são as disputas no Rei no River?

Breno: O clube de Poker Rei no River é muito bom e tem oferecido torneios com baixa entrada e premiação muito alta, o que tem atraído cada vez mais pessoas. As disputas são muito boas, principalmente nesses torneios maiores onde tem muita gente de Jales e região, tornado as competições mais movimentadas e disputadas, dando ainda mais emoção.

A Tribuna: Como foi o seu início como jogador de Poker?

Breno: Sou amigo do Bruno, um dos sócios do Rei no River, há muito tempo. Fizemos faculdade juntos, e ele realizava alguns torneios na chácara da família dele e me chamava. Eu não ia pelo fato de não saber jogar e por ter medo, já que eu julgava ser de azar. Procurei as regras na internet e entrei em jogos fictícios, também na internet e gostei. Me informei e descobri que não se tratava de um jogo de azar, aí comecei frequentar a chácara para jogar até o Rei no River ser fundado e termos um local apropriado, confortável, seguro e que oferece todas as condições necessárias para passarmos horas nos divertindo, jogando e disputando torneios muito interessantes.

A Tribuna: Você já foi campeão em algum torneio de Poker? Quais foram as suas melhores colocações.

Breno: Sim, já ganhei alguns torneios na internet e também no Rei no River. Já é muito gostoso participar dos torneios, interagir com jogadores da sua cidade e de outras cidades, mas ser campeão e obter boas classificações garante um sabor ainda melhor, aquele gostinho de vitória que todo mundo gosta.

A Tribuna: Para você, como foi disputar o Torneio 10K no Rei no River, jogando em casa e conquistar o 4º lugar?

Breno: Primeiro eu fiquei triste por ter ficado em quarto, por ter chegado muito bem entre os 10. Mas depois eu fiquei contente com o resultado, afinal era um torneio com grandes competidores, experientes e vi que o quarto lugar não era uma classificação ruim.

A Tribuna: Que dicas você daria para um iniciante que quer começar a jogar Poker?

Breno: O clube de Poker Rei no River oferece ajuda para quem está começando. Lá eles conseguem ensinar o básico para os iniciantes e isso é muito importante. Eu assisto alguns torneios, vejo as jogadas e a gente conversa muito sobre o jogo lá no clube. Assim a gente consegue perceber onde erramos, jogadas que acertamos. Essa é a vantagem de poder frequentar um clube de Poker que te oferece estrutura necessária para jogar e conviver, trocando experiências com outras pessoas.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados