Jales recebe certificado do Programa de Regionalização e é incluída no Mapa do Turismo Brasileiro

040919112828.jpg
O prefeito Flá com o diretor de Turismo da SMECT, Luiz Gonzaga e o presidente do COMTUR, Weber Kitayama

 

Jales recebeu do Ministério do Turismo o certificado do Sistema de Informações do Programa de Regionalização do Turismo (SISPRT) e foi incluído do Mapa do Turismo Brasileiro. O Ministro de Estado de Turismo, Marcelo Álvaro Antônio e o Secretário Nacional de Estruturação do Turismo, Robson Napier Borchio, assinaram a certificação.

O Programa de Regionalização do Turismo e seus interlocutores estaduais reconheceram o Conselho Municipal de Turismo de Jales, por meio de documentos inseridos no Sistema de Informação do SISPRT. Esse certificado valida a responsabilidade do município com o turismo local e federal e agiliza acesso de recursos da União, além de cumprir a meta do programa de regionalização do turismo, estabelecida pela Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo aos Municípios de Interesse Turístico (MIT), o qual a cidade foi incluída no ano passado.

A partir desse documento, Jales já está inserida no mapa do Turismo Brasileiro, pertencente à Região Turística denominada Entre Rios. Essa conquista se deve ao apoio do Poder Executivo, que estabeleceu, no início desse ano, uma estruturação da Diretoria de Turismo, dentro da Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo (SMECT), nomeando um diretor para os trabalhos exclusivamente voltados ao turismo local e cumprindo as metas do plano diretor com a participação ativa do COMTUR (Conselho Municipal de Turismo), presidido por Weber Kitayama, nas principais decisões.

Para o diretor de Turismo da SMECT, Luiz Carlos Gonzaga, “a inserção através dessa certificação facilitará os trabalhos principalmente no Sistema de Informação do Programa de Regionalização do Turismo. Esse sistema é uma ferramenta importantíssima na pontuação para o ranqueamento dos MITs. Não posso deixar de agradecer o prefeito Flá que tem dado atenção especial ao setor e nos apoiado nas ações e tratativas que estamos desenvolvendo”, ressalta.

O presidente do COMTUR, Weber Kitayama, disse que “esse reconhecimento só vem mostrar que estamos no caminho certo, graças ao prefeito Flá, que deu a devida importância ao turismo na cidade, embora muitas pessoas digam por aí que Jales não tem potencial turístico, o que é uma inverdade. Jales tem potencial turístico muito grande, sob vários aspectos, já que somos uma área essencialmente agrícola, temos diversas culturas diferentes, além de sermos referência em saúde e termos uma demanda enorme de pessoas que vem para nossa cidade diariamente cuidar de sua saúde ou de terceiros, o que não deixa de ser turismo. Não é necessário a cidade estar próximo ao mar, montanha, serra ou lago para que o turismo se desenvolva, Olímpia é um grande exemplo disso. Esse certificado mostra que estamos no caminho para desenvolver o turismo em Jales”.

Sistema de informações

A atualização dos municípios e regiões turísticas que passaram a compor o novo Mapa do Turismo Brasileiro teve início no dia 1º de abril deste ano. O prazo para cadastramento, edição e inserção dos documentos exigidos pela Portaria nº 192/2018, que contém orientações para a versão 2019 do Mapa, foi encerrado em 30 de julho. A atualização periódica faz parte da estratégia de estruturação e promoção do turismo de forma regional e descentralizada.

O Sistema de Informações do Programa de Regionalização do Turismo (SISPRT) é a plataforma digital onde os dados referentes aos municípios e regiões turísticas são validados nas unidades da federação pelos interlocutores do Programa de Regionalização do Turismo (PRT) nos estados. Os interlocutores foram orientados sobre os novos critérios, compromissos e recomendações que deverão ser observados pelos municípios que visam integrar a versão 2019 do Mapa do Turismo Brasileiro.

“O mapa baseia a criação de políticas públicas e a destinação prioritária de recursos do Ministério do Turismo, com foco no desenvolvimento regional do setor. A nova atualização vai possibilitar a adequação desse instrumento de gestão de políticas públicas à realidade regional”, avalia o secretário nacional de Estruturação do Turismo do MTur, Robson Napier.

O Mapa do Turismo Brasileiro foi instituído em dezembro de 2013 e passou a ser atualizado de dois em dois anos a partir de 2016.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados