Investimentos em turismo ultrapassam os R$ 100 milhões no estado em 2020

110820100305.jpg
Santa Fé do Sul foi o município da região Noroeste do Estado que recebeu até agora o maior valor individual, R$ 790 mil (15% do total da região)

Os investimentos em obras e infraestrutura turística chegaram a R$ 101,9 milhões no Estado de São Paulo em 2020. Os repasses são feitos pela Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur), e atenderam 150 cidades. Esta semana foram liberados mais R$ 2,9 milhões.  


A região de São José do Rio Preto registrou o maior equilíbrio de valores para cada cidade entre todas as regiões do Estado. Recebeu R$ 5,1 milhões, divididos por 21 municípios. O maior valor individual foi para Santa Fé do Sul, com R$ 790 mil (15% do total da região). Ibirá veio em seguida, com R$ 576 mil (11%).  


Os repasses priorizaram os municípios com obras em andamento, como parte da estratégia da Secretaria de Turismo para fazer frente ao impacto da Covid-19 no setor. A continuidade preserva empregos locais e deixa os destinos turísticos mais bem preparados para o retorno dos visitantes, segundo a pasta. 


Os recursos do Dadetur são destinados às 70 estâncias turísticas e aos 140 municípios de interesse turístico (MIT). Para terem acesso é preciso que adotem uma série de providências, como a aprovação do Conselho Municipal de Turismo local, plano de trabalho e projeto do que será executado. Caso o pedido seja aprovado, têm início os repasses, complementados de acordo com a evolução da obra. 

 
Semana
Treze municípios dividiram os R$ 2,9 milhões repassados esta semana. Nuporanga e Brodósqui, na região de Ribeirão Preto; Caraguatatuba, no litoral norte; Campos do Jordão, na Serra da Mantiqueira; Ibitinga, na região de Araraquara; Bertioga, no litoral sul; Santa Fé do Sul, a noroeste do Estado, já na divisa com Mato Grosso do Sul; Itaóca, no Vale do Ribeira; Sud Menucci, na região de Araçatuba; Santo Expedito, região de Presidente Prudente; Cunha, no Vale do Paraíba; Águas de Santa Bárbara, região de Sorocaba; e São Pedro, regional de Campinas. 


Ainda na região noroeste, além de Santa Fé do Sul, outros municípios contemplados com verbas do Dadetur são: Jales 3% (R$ 153 mil), Santa Albertina 6% (R$ 306 mil), Santa Clara d´Oeste e Três Fronteiras 2% cada (R$ 102 mil), Rubinéia 8% (R$ 408 mil), Palmeira d´Oeste 5% (R$ 255 mil), Fernandópolis 3% (R$ 153 mil), Votuporanga 2% (R$ 102 mil), Ouroeste 1% (R$ 51 mil), entre outros.

Deixe um comentário