Internet gratuita do programa Cidades Digitais é disponibilizada para usuários nas unidades de saúde

060720101339.jpg
.

Usuários que frequentam as unidades básicas de saúde do município já podem ter acesso ao sinal gratuito de internet oferecido pelo programa Cidades Digitais, que desde abril deste ano, está funcionando em pontos como as Praças João Mariano de Freitas e Euphly Jalles, no Comboio, na Biblioteca Municipal e no Terminal Rodoviário, além de oferecer acesso interno em cerca de 30 prédios públicos da Prefeitura.


A população que utiliza as unidades já podem acessar a internet por meio de seus dispositivos eletrônicos, celulares ou tablets, nas ESFs (Estratégia de Saúde da Família) Luiz Ernesto Sandi Mori (Jacb), Shiguero Kitayama (Roque Viola), Drª Zilda Arns Neumann (Novo Mundo), Leonísio Gambero (Oiti), Setuo Suetugo (São Jorge), Ozil Joaquim Rezende (Municipal), Uniamérica, Getúlio de Carvalho (Arapuã), Francisco Xavier Rego (Paraíso) e Dr. José Cícero Fontes Xavier (Rural). Apenas o Núcleo Central de Saúde, que mudará de endereço em breve, ainda não recebeu o sinal.
O projeto de contemplar os usuários das ESFs com sinal gratuito à internet foi indicação dos vereadores Adalberto Francisco de Oliveira Filho, Bismark Kuwakino, Fábio Kazuto Matsumura, Nivaldo Batista de Oliveira, Tiago Abra e Deley Vieira dos Santos.


O secretário municipal de Comunicação Social, Douglas Zílio, lembrou que a instalação de aproximadamente 21 quilômetros de fibra ótica, contemplados pelo programa do Governo Federal, começou a ser executada em março do ano passado, com investimentos na ordem de R$ 1.750.000,00. As empresas Ecodril Perfurações Direcionadas e a Petcom foram contratadas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações para realizar o serviço. Jales foi um dos 262 municípios selecionados entre 1.901 inscritos para a implantação do programa Cidades Digitais.


Nas Praças João Mariano de Freitas e Dr. Euphly Jalles, Terminal Rodoviário e no Comboio (Feira do Produtor Rural) a população já dispõe de pontos de acesso à internet para uso livre e gratuito. O sinal é liberado automaticamente, não é necessário fazer cadastro de usuário. É só procurar na rede do aparelho de celular ou notebook o nome Jales-Cidades Digitais e clicar para autenticar a internet, sem a necessidade de inserir senha.


O secretário municipal de Administração, Francisco Melfi, autorizou a instalação dos roteadores nas unidades de saúde e os coordenadores do projeto em Jales, Alex Lino Ferreira e Pedro Henrique Pupim realizaram a expansão do sinal para as ESFs na última segunda-feira, dia 29.


“Nas unidades de Saúde, a senha será informada por meio de cartazes nas paredes. O usuário procura a rede em seu aparelho, digita a senha e o sinal é liberado”, contou o secretário de Comunicação da Prefeitura de Jales.

 

Deixe um comentário