Hospital de Amor Jales realizou o primeiro procedimento com nova técnica radioterápica

210920101743.jpg
.

O Hospital de Amor Jales dá mais um importante passo na sua história como instituição referência no tratamento do câncer. Na terça-feira, dia 8, a equipe de radioterapia atendeu o primeiro paciente utilizando uma técnica recém-implantada na unidade, o IMRT – “Intensity – Modulated Radiation Therapy”.

A física médica responsável, Laís Bueno da Silva, explica que a técnica representa um dos mais importantes avanços da história da radioterapia e que o procedimento é um aperfeiçoamento do tratamento que já é oferecido aos pacientes, visando à redução dos efeitos colaterais a curto e longo prazo pela redução da toxicidade relacionada ao tratamento.

“O conjunto de equipamentos adquirido proporcionou a implementação da técnica de tratamento que consiste em uma melhor distribuição de dose da radioterapia, pois permite a administração de altas doses de radiação no tumor, consequentemente, aumenta a possibilidade de controle da doença e reduz a dose da radiação entregue aos tecidos e órgãos saudáveis ao redor da área do tumor”, explicou.

A gerente da unidade, Camila Venturini, explica que, desde a autorização da compra do conjunto de equipamento que permite o uso da técnica, em agosto de 2019, foram realizados vários trâmites que demandaram tempo, como importação, instalação, implementação e testes de segurança até que tudo estivesse pronto para o tratamento dos pacientes. Inclusive, que o controle de qualidade é uma das fases mais importante do processo.

“O planejamento realizado no computador deve ser verificado através do controle de qualidade. Essa tarefa é realizada pelo profissional do físico médico diretamente no aparelho de tratamento. Nessa etapa eles comparam o que foi planejado com o que realmente está sendo realizado pelo aparelho. O teste é feito antes do tratamento de todos os pacientes que passarão pela técnica”, explicou.

O radioncologista, dr. Rubem Andrade, explica que a técnica vai oferecer melhorias às possibilidades de tratamento ao paciente. “Como a técnica de IMRT pode reduzir os danos aos tecidos normais, podem ser utilizadas doses maiores para tratar tumores localizados próximos aos órgãos de risco e estruturas críticas importantes, como por exemplo, tumores pélvicos e de cabeça e pescoço”.

PROJETO

A gerente administrativa, Camila Venturini, conta que em novembro de 2018 foi entregue um ofício a deputada estadual Analice Fernandes, no qual expressava a necessidade dos equipamentos para a instituição, bem como os benefícios desta nova técnica de tratamento. “Ficamos contentes quando vemos um projeto se concretizar e principalmente em saber, que milhares de pessoas serão beneficiados com essa nova técnica. Agradeço em nome de todos os nossos pacientes, a todos que contribuíram para essa conquista”, finalizou.

 

Hospital de Amor Jales esclarece meios de doação

 

O Hospital de Amor Jales tem recebido inúmeras denúncias de que há na cidade um indivíduo recebendo doações em nome da instituição de forma indevida, com pedidos feitos de porta em porta.

Uma vez que o Hospital não faz mais este tipo de trabalho, a assistente de captação de recursos, Mayara Colombo, esclarece que atualmente a instituição possui outros meios para que as pessoas continuem contribuindo com a entidade. “Hoje o doador pode nos ajudar de várias maneiras, que vão desde a doação online, através do nosso site, até o depósito ou transferência bancária”, explicou.

É possível doar através do site hospitaldeamor.com.br/doe, ou através da central de relacionamento, ligando ou enviando um WhatsApp para o número (17) 3321- 6607. Empresas ou pessoas físicas que queiram destinar seu imposto de renda (IR), também podem ajudar através de renúncias fiscais e destinar percentuais do IR para projetos de saúde, idosos e crianças.

Para quem tem interesse em doar diretamente para a unidade de Jales, a unidade possui link próprio para doação, é só acessar www.jales.hospitaldeamor.com.br e escolher o valor e a forma de pagamento que mais lhe agrada. A unidade também recebe doação de alimentos, para se informar da necessidade do momento é só entrar em contato pelo telefone (17) 3624-3910.

A assistente de captação lembra a população, que ao suspeitar de golpes com pedidos indevidos em nome do HA em suas casas, é importante acionar a polícia e fazer a denúncia para combatermos essa prática. “Sabendo que o hospital não faz esse tipo de trabalho a população deve denunciar qualquer pedido que receba em sua casa em nome da instituição, só assim vamos combater esse tipo de ação”, finalizou Mayara. Em casos de dúvidas sobre outras doações, fale diretamente com a central de relacionamento (17) 3321-6607.

 

Dara Freitas

 

Deixe um comentário