Hospital de Amor Jales realiza mais de 46 mil atendimentos só no ano de 2017

270218150001.jpg
O Hospital do Amor Jales atende cerca de 1.000 pacientes por dia

 

O Hospital de Amor é considerado um centro de referência nacional no tratamento oncológico, atendendo de forma gratuita pacientes com câncer da rede pública. Com a finalidade de oferecer aos seus pacientes um atendimento humanizado, mais próximos de suas casas, a instituição conta com unidades espalhadas por vários municípios do país.

Inaugurado em junho de 2010, o centro oncológico que o hospital possui em Jales (SP), tem um papel fundamental no acolhimento de milhares de pessoas diariamente, vindas de 96 localidades diferentes.

Atualmente, a unidade realiza 1.100 atendimento diários. Porém, só no ano de 2017, foram contabilizados 46.585 atendimentos ambulatoriais, 7.974 pequenas e grandes cirurgias, 25.223 procedimentos da equipe multidisciplinar (áreas de enfermagem, odontologia, fonoaudiologia, psicologia, nutricionista, fisioterapeuta e serviço social), 22.214 tratamentos quimioterápicos e 8.290 radioterápicos.

Além disso, foram realizados, em média, 105 mil exames (entre eles, laboratoriais e de imagem), 545 biópsias e 29.540 atendimentos no Centro de Intercorrência Ambulatorial (CIA), contando também com serviços de radiologia, laboratório de análises clínicas e cuidados paliativos, totalizando em 301.806 procedimentos oferecidos.

Com 28 médicos em seu corpo clínico e 346 colaboradores, a unidade de Jales está em crescimento constante. Sua parceria com o governo do Estado de São Paulo é de grande importância, pois os atendimentos são realizados gratuitamente e beneficiam, aproximadamente, 1,5 milhão de habitantes de toda a região, além de outros estados do país.

Para o diretor clínico da unidade, dr. André Silveira, a existência de um hospital como esse na cidade de Jales tem um papel fundamental para a população regional. “A nossa unidade foi inaugurada com o intuito de descentralizar os atendimentos de Barretos, aproximando a instituição da residência dos pacientes da região noroeste do estado de São Paulo. Eu posso falar que tudo o que preciso como médico, eu tenho aqui dentro. Dessa forma, nós conseguimos oferecer um tratamento gratuito com a qualidade de um tratamento particular”, disse.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados