Governo de SP anuncia polo de desenvolvimento econômico com pacote de benefícios setoriais para indústrias de Jales

270519092558.jpg
Indústrias de alimentos e bebidas terão processos de simplificação tributária e regulatória, financiamento competitivo, pré aprovação de licenças

O governador João Doria e a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, anunciaram nesta quinta-feira, 23, no Palácio dos Bandeirantes, a criação de 11 polos de desenvolvimento econômico com pacotes de benefícios setoriais para a indústria, sendo que um está em Jales e outro na região de São José do Preto.

“A atuação dos polos é para identificar falhas de mercado e atuar nas falhas de governo. Nosso trabalho é alavancar a produtividade e a competitividade do setor privado, para impulsionar e melhorar as políticas públicas nas regiões onde as cadeias produtivas estão instaladas”, disse a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen. “Aumentar a eficiência e a efetividade dos gastos públicos com transparência é o nosso dever. Esse trabalho vai ser feito com muita eficiência e com o mesmo recurso existente” completou.

Foram anunciados polos nos setores de Agritech, Aeroespacial, Serviços Tecnológicos; Alimentos e Bebidas; Automotivo; Biocombustíveis; Couro e Calçados; Derivados de Petróleo e Petroquímico; Eco Florestal; Metal-metalúrgico, Máquinas e Equipamentos; Químico, Borracha e Plástico; Saúde e Farma e Têxtil, Vestuário e Acessórios que cobrem todo o estado de São Paulo.

“Um governo responsável é comprometido com a geração de emprego. E geração de emprego não é com programa de assistencialismo, muito menos com paternalismo, é incentivando o setor produtivo, criando condições adequadas para o setor privado produzir, criar, gerar empregos, remunerar adequadamente, criando estabilidade e condições econômicas adequadas”, comentou o governador João Doria. “Aqui em São Paulo a nossa prioridade é a geração de empregos e renda”, ressaltou.

A otimização das políticas públicas será feita em torno de 6 pilares, visando adensar e integrar as cadeias produtivas:

- Simplificação Tributária e Regulatória

- Financiamento Competitivo – voltado ao adensamento da cadeia produtiva

- Tecnologia e Inovação

- Qualificação de mão de obra

- Infraestrutura e serviços

- Ambiente de negócios & Desburocratização – fast track de licenças e permissões, One Stop Shop

2 Polos Industriais – São José do Rio Preto:

1. Biocombustíveis - Catanduva, Fernandópolis, Marapoama, Meridiano, Monte Aprazível, Novo Horizonte, Onda Verde, Palestina, São José do Rio Preto, Sebastianópolis do Sul, Tanabi e Ubarana

2. Alimentos e Bebidas - Ariranha, Catanduva, Estrela D´ Oeste, Fernandópolis, Guapiaçu, Jales, José Bonifácio, Mendonça, Mirassol, Monções, Monte Aprazível, Nova Aliança, Novo Horizonte, Onda Verde, Orindiúva, Ouroeste, Paraíso, Planalto, Poloni, Pontes Gestal, Potirendaba, Santa Fé do Sul, São José do Rio Preto e Votuporanga.

Sobre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico é responsável em atrair investimentos, fomentar o empreendedorismo e a inovação tecnológica para a retomada do crescimento econômico do Estado. A Pasta também oferece qualificação profissional para atender as demandas atuais do mercado, gerando oportunidade de trabalho para todos.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados