Governador em exercício, Rodrigo Garcia, visita Hospital de Amor Jales

170220145802.jpg
Acompanhado de Henrique Prata, o governador visitou ambientes como centro cirúrgico e uma das salas de tomografia


O governador em exercício do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, visitou na manhã de sábado, dia 8, as instalações da unidade de Jales do Hospital de Amor - referência no tratamento de câncer. 
Acompanhado pelo presidente da instituição, Henrique Prata; da gerente administrativa da unidade de Jales, Camila Venturini; da gerente de relações governamentais, Adriana Mariano; e do diretor clínico da unidade, dr. André Luiz Silveira, o governador visitou ambientes como centro cirúrgico e uma das salas de tomografia, além de percorrer os corredores de diversas alas.
Durante a visita, Henrique aproveitou a oportunidade para apresentar toda a demanda do hospital, solicitando recursos para as unidades do Hospital de Amor Jales e Fernandópolis (que integram a rede de atendimento do Hospital de Amor Barretos), para que possam oferecer mais serviços. 
Além do governador, estiveram presentes lideranças importantes, como o deputado federal Eugênio José Zuliani, os deputados estaduais Itamar Borges e Carlão Pignatari, o prefeito de Jales, Flavio Prandi Franco, além de outras autoridades que também acompanharam a visita.


Referência 


O Hospital de Amor é referência no país em tratamento oncológico, atendendo de forma gratuita pacientes com câncer da rede pública. Com a finalidade de oferecer aos seus pacientes um atendimento humanizado, mais próximos de suas casas, a instituição conta com unidades espalhadas por vários municípios do país.
Inaugurado em junho de 2010, o centro oncológico que o Hospital possui na cidade de Jales, localizado a 250 Km de Barretos (região noroeste do Estado de São Paulo), tem um papel fundamental no acolhimento de milhares de pessoas diariamente, vindas de 96 localidades diferentes.
Em 2019 foram realizados 370.070 atendimentos e procedimentos, sendo eles 12.937 pequenas e grandes cirurgias, 40.986 atendimentos e procedimentos da equipe multidisciplinar (enfermagem, odontologia, fonoaudiologia, psicologia, nutricionista, fisioterapeuta e serviço social), 36.148 atendimentos médicos, 20.348 tratamentos quimioterápicos, 31.985 radioterápicos, aproximadamente 156 mil exames (laboratoriais, de imagem, biopsias, endoscopia, e outros) e 2.207 internações, além de contar com serviços de cuidados paliativos.

 

Dara Freitas

 

220220173843.jpg

Deixe um comentário

Parceiros

220220172639.jpg
220220172819.jpg
220220172826.jpg
220220172833.jpg 220220173642.jpg

Social

Nenhuma notícia encontrada.

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados