Flá pede a deputado instalação de hospital regional em Jales

190819152748.jpg
Flá e o empresário Durvalino Gouveia entregaram o pedido ao deputado Luiz Flávio

 

O prefeito Flávio Prandi (DEM) aproveitou a vinda do deputado federal Luiz Flávio Gomes (PSB) à cidade, para entregar ao parlamentar um pedido visando a instalação, em Jales, de um hospital público regional. Além do prefeito Flá, assinaram o pedido o vice-prefeito Garça, o presidente da Câmara, Tiquinho, e os demais nove vereadores de Jales. A luta pela instalação de um hospital regional em Jales – encabeçada pelo médico Luiz Henrique Leite Nogueira e pelo comerciante e viticultor Durvalino Fernandes Gouveia – já vem desde 2011, quando políticos jalesenses acionaram o então deputado estadual Mauro Bragato (PSDB). Em abril de 2014, o assunto voltou à pauta com a entrega de cópia do projeto do hospital ao então deputado federal Rodrigo Garcia. O projeto apresentado a Garcia previa o atendimento de pacientes das microrregiões da Jales, Fernandópolis e Santa Fé do Sul, num total de 34 municípios com 270 mil habitantes.

No documento entregue ao deputado Luiz Flávio Gomes durante a inauguração do Centro de Conciliação e Mediação de Jales, o prefeito Flá ressalta que, apesar dos esforços, as estruturas de saúde da região estão sobrecarregadas, inclusive o AME – Ambulatório Médico de Especialidades. Segundo o documento, o AME, que é mantido pelo governo estadual, não estaria conseguindo atender em prazo razoável os pacientes, tanto nos casos de consultas médicas, quanto nos casos de cirurgias eletivas. Ele cita um estudo do TCE, que prevê, num futuro próximo, filas de até 20 anos de espera no AME. “Mesmo com encaminhamento de pacientes de Jales e região para realização de cirurgias eletivas no AME de São José do Rio Preto, a fila de espera é longa no AME de Jales, com sacrifício para as equipes médicas e para os pacientes e seus familiares”.

O prefeito alega, em seu pedido, que Jales é considerada por todos como Centro de Região e, como tal, é a sede, entre outras coisas, do Consórcio Intermunicipal de Saúde, que reúne 16 municípios da região. Além disso, ressalta o prefeito, Jales é sede de outros serviços, como a Justiça Federal, Ministério Público Federal, Polícia Federal, Seccional da Polícia Civil, Diretoria Regional de Ensino, Justiça do Trabalho e muitos outros órgãos públicos regionais. O prefeito destaca, ainda, que Jales já é de fato a sede do atendimento da saúde pública regional, uma vez que possui o único hospital geral da região, no caso a Santa Casa de Misericórdia, que atende uma população superior a 200 mil habitantes.

O documento ressalta, por fim, que, por sua localização estratégica, Jales foi escolhida para receber uma unidade do Hospital de Amor de Barretos, que atende uma população de mais de 500 mil habitantes, além de ser a sede da Diocese, integrada por 43 municípios com população estimada também em mais de 500 mil habitantes. O deputado prometeu levar o pedido adiante, enquanto o prefeito, de sua parte, disse acreditar na palavra de Luiz Flávio. “A instalação de um hospital regional em Jales era um dos motes da campanha do candidato Delegado Sakashita, que é aliado do deputado e conseguiu muitos votos para o LFG aqui em Jales”, concluiu o prefeito.        

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados