Conferência de Assistência Social discute evolução e desafios do SUAS

230919095148.jpg
.

 

Centenas de pessoas participaram na manhã de quinta-feira, 19 de setembro, da IX Conferência Municipal de Assistência Social, realizada pela Prefeitura de Jales, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e o Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS). O tema “Assistência Social é um direito: evolução e desafios do SUAS no município de Jales” foi debatido entre os participantes no Centro Pastoral.

A Conferência é um espaço de mobilização para participação social que avalia as políticas de Assistência Social e a construção de diretrizes que possam aprimorar o Sistema Único de Assistência Social. Participaram da abertura o prefeito de Jales, Flávio Prandi Franco, o padre Antonio Sardinha, a representante da Secretaria de Assistência Social, Daiana de Oliveira, o presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Nilmar Humberto Donini e os vereadores Bismark Kuwakino, João Zanetone e Fábio Kazuto.

Após as apresentações artísticas dos alunos da APAE de Jales, execução dos Hinos Nacional e de Jales, discurso das autoridades, foi ministrada uma palestra sobre o tema da conferência pela assistente social de Sud Menucci, Telma Gomes Nascimento, seguida de Apresentação do Diagnóstico e do tema Central.

Antes do almoço os participantes foram divididos em três grupos para discussão dos temas Financiamento do Sistema Único de Assistência Social (Plenária Temática da Dimensão/Eixo 01), Gestão dos Serviços, Programas, Projetos e Benefícios (Plenária Temática da Dimensão/Eixo 02) e Participação e Controle Social no SUAS (Plenária Temática da Dimensão/ Eixo 03). No período da tarde foram apresentadas as propostas dos grupos e a eleição dos novos delegados.

A representante da Secretaria Municipal de Assistência Social, Daiane de Oliveira ressaltou a importância da nona edição da conferência e dos diferentes segmentos que se reuniram para pensar, debater, dialogar, refletir e problematizar as situações, “criando propostas como formas de evolução da política pública de assistência para alcançarmos um serviço mais eficiente e transformador”.

Padre Sardinha, além de propor ideias e diálogos, frisou que “temos dificuldade de reunir a comunidade e representantes de entidades nas conferências, e é sempre um desafio a escolha do dia do evento em função dos compromissos das pessoas, então sugiro que esse trabalho que estamos fazendo aqui hoje, possa fazer parte de discussões orientadas realizadas com antecedência por cada uma das instituições, que esse debate já possa ter acontecido, para que na Conferência possam ser confirmadas as ações, isso ajudaria até ser mais participado essas discussões. Quero parabenizar pela presença de cada um de vocês aqui e dizer que é sempre bom lutarmos juntos por essa causa”.

O prefeito Flá disse que “é muito importante garantirmos um espaço como este para fazer valer a voz de cada um e reafirmar o quanto é importante o trabalho realizado pela Assistência Social. Temos uma rede de assistência complexa, precisamos do debate, da participação da sociedade e da união de todos, pois este é um momento de propor ideias que contribuam para um melhor desempenho das políticas públicas”, finalizou.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados