Comprar no comércio de Jales ajuda a gerar emprego e renda para a população

140622090417.jpg
.

É em épocas de grave crise econômica com desemprego acentuado e aumento do número de pessoas que não sabem se terão o que comer na refeição seguinte, datas comemorativas são como um fio de esperança para um aumento do faturamento das empresas e comissão para os trabalhadores. Neste Dia dos Namorados, por exemplo, a Associação Comercial e Industrial de Jales (ACIJ) prevê um aumento de aproximadamente 8% nas vendas em relação à mesma data do ano passado. Sem dívida, uma oportunidade ímpar de geração de renda, empregos e tributos, como o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).


Para atrair os consumidores, as lojas se enfeitaram, prepararam descontos e renovaram estoques. A ACIJ organizou uma promoção que vai sortear três motos 0km no total. Uma no Dia das Mães, uma no Dia dos Namorados e outra no Dia dos Pais. 


Não é à toa. De acordo com o CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Governo Federal, o Comércio é o setor que mais emprega em Jales. Das 10.816 pessoas empregadas com carteira assinada em Jales, quase a metade, ou 4.453 estavam trabalhando nas lojas jalesenses. O número não inclui os vendedores informais e os empresários. 


O setor de Serviços, outra importantíssima atividade econômica do município, vem em segundo, empregando 3.978 trabalhadores. Vale lembrar que muitas vezes, as duas atividades se misturam e se retroalimentam. Ou seja, algumas empresas que prestam serviço também vendem ou estimulam a venda de peças e componentes.


O balanço da geração de empregos formais divulgado nesta semana pelo CAGED mostrou que Jales fechou o mês de abril com mais 43 trabalhadores empregados. Isso é resultado da equação entre 367 admissões e 324 demissões. O setor de Comércio foi o segundo com o melhor saldo (11 novas vagas), atrás apenas de Serviços, com 40 novos empregos.


Como se não bastasse a influência do Comércio na geração de emprego e renda direta para o bolso e a mesa do trabalhador, o balanço dos repasses de tributos pelo Governo do Estado pode dar uma ideia ainda mais clara. Até esta semana, segundo a Secretaria Estadual da Fazenda, Jales recebeu a importância exata de R$ 12.904.536,46 decorrentes dos impostos pagos nas transações comerciais e de serviços (ICMS). É mais da metade do total de R$ 23.676.974,99 repassados pela Sefaz no período. O IPVA (Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores) rendeu R$ 10.633.535,82 e vem em segundo em montante de repasses obrigatórios estaduais.


Em resumo, quando se compra no comércio jalesense o consumidor ajuda a aumentar os rendimentos dos trabalhadores, faz circular o dinheiro que pode ser investido em novas contratações e ainda gera ICMS, uma das mais importantes fontes de financiamento dos serviços prestados para a população. É o chamado círculo virtuoso, no qual o dinheiro gasto retorna para a origem em diversas formas. 


Mas é importante lembrar que os efeitos mais imediatos desse movimento são municipais. Quer dizer, se refletem no município onde as compras são feitas. Apenas comprando em Jales você gera empregos, dividendos para os trabalhadores e tributos em Jales. Por outro lado, comprando em outra cidade, os dividendos ficam na outra cidade e com outra população. 


Segundo a Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp) há quase 10 mil empresas registradas na cidade. Dessas, 2.508 são estabelecimentos comerciais pequenos e médios, e grandes redes, que oferecem no atacado e no varejo, à pronta entrega ou por encomenda, desde produtos esportivos, roupas, joias, óculos, alimentos in natura e prontos, bebidas, veículos, assessórios e produtos automotivos, eletrodomésticos, informática, eletrônicos, bicicletas e assessórios, artigos de pet-shop, materiais de construção e decoração, artigos religiosos, medicamentos, cosméticos, combustíveis, papelaria, móveis, enfim, uma enorme variedade de opções para todas as ocasiões e necessidades.


Compre o presente do Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Natal, ou para o seu cotidiano, no comércio de Jales. Aqui tem de tudo e você ainda ajuda a criar empregos e renda para a nossa população.

Deixe um comentário