CDHU oficializa construção de 3.895 moradias do Estado de São Paulo

060720101100.jpg
O prefeito Flá (segundo da direita para a esquerda) durante assinatura do convênio com a CDHU

Em meio às denúncias de irregularidades, aumento abusivo de mensalidades e problemas estruturais no Conjunto Habitacional Honório Amadeu, a Prefeitura de Jales assinou convênio com a CDHU para construção de mais cem casas. As novas unidades fazem parte de um pacote amplo de 3.895 casas em todo o Estado. 


Na região Noroeste Paulista foram contempladas as cidades de Sud Mennucci, Urupês, Américo de Campos, Jales, Monções, Santa Clara d’Oeste e Ilha Solteira.


O Programa Nossa Casa já beneficiou 1.239 famílias com renda entre 1 e 5 salários mínimos em todo o Estado de São Paulo. Todos estes mutuários assinaram contrato de financiamento habitacional a juro zero. Anteriormente, a taxa anual de juros cobrada para a aquisição da casa própria era de 7%.


“O Nossa Casa-CDHU é um programa inovador, lançado pelo governador João Doria no final de 2019, destinado a famílias de baixa renda que ganham a oportunidade de financiar sua moradia com prestações que cabem no bolso. Com o apoio do governo do Estado, milhares de pessoas vão realizar seu sonho de conquistar a casa própria e viver de forma digna”, afirmou o secretário de Habitação, Flavio Amary.


Para o presidente da CDHU, Reinaldo Iapequino, a assinatura de novos convênios faz parte de uma ampliação da atuação do governo do Estado. “É muito importante que a gente tenha, dentro de um ambiente adverso, com a pandemia, a continuidade dos programas, das obras e a geração de empregos para que possamos mitigar os efeitos disso para a população mais carente”.


Os imóveis vão atender famílias com renda entre 1,5 e 5 salários mínimos. A Secretaria de Habitação concederá subsídios aos beneficiários conforme a renda familiar. Será possível contar ainda com subsídios federais e utilizar o FGTS no financiamento habitacional. Desta forma, o valor das prestações ficará compatível com a capacidade de pagamento das famílias. 


Assim como nos empreendimentos anteriores, a Prefeitura doará o terreno. A Prefeitura doará à Companhia os lotes dos terrenos devidamente registrados em cartório de imóveis para a construção das moradias. Caberá à CDHU a elaboração do levantamento planialtimétrico do terreno e o credenciamento para selecionar as empresas que executarão o empreendimento. A construção será financiada pela Caixa Econômica Federal.


“Estamos aqui no Palácio dos Bandeirantes em um dia importante de assinaturas de convênio. Quero agradecer ao secretário Flavio Amary pelo grande trabalho realizado, apesar das dificuldades. Mesmo enfrentando todo esse problema da pandemia, o Estado consegue ao mesmo tempo dar uma notícia tão positiva a vários municípios, entre os quais o de Jales. O sonho da casa própria é um dos mais aguardados pela população e estamos felizes de poder levar essa notícia tão importante para a nossa cidade”, disse o prefeito Flá durante a assinatura do convênio.

Deixe um comentário