Câmara manifesta apoio contra a privatização dos Correios

050421110053.jpg
Para os vereadores, a privatização dos Correios contraria o interesse coletivo

 

A Câmara, em Sessão Ordinária, aprovou uma moção de apoio contra a privatização da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.  

Os vereadores justificaram que a privatização contraria o interesse coletivo, considerando que os Correios completaram 358 anos de bons serviços prestados ao povo, sendo umas das estatais mais antigas e eficientes.  

Os Correios são responsáveis por entregar material e livro didático, transportar urnas eletrônicas, entregar provas do ENEM, atender à população com prestação de serviços acessíveis.  

A venda dos Correios precarizará o serviço postal, já que não há garantia da universalização do serviço, como já mostrou a experiência de privatização desse serviço em outros países, como Portugal e Argentina, em que as empresas privadas têm interesse no lucro e não buscam servir áreas de difícil acesso, pois não trazem retorno financeiro. 

A Moção de Apoio 7/2021 foi aprovada por unanimidade e encaminhada ao Governo Federal, ao presidente do Senado e da Câmara dos Deputados e aos representantes do Estado de São Paulo nas duas Casas Legislativas. 

 

Deixe um comentário