Alckmin libera R$ 116,3 milhões para 40 vicinais, mas deixa “Vitório Prandi” de fora

100418102053.jpg
Se depender da Prefeitura de Jales, os motoristas vão ter que esperar muito tempo para ver os buracos da vicinal “Vitório Prandi” tapados

O governador Geraldo Alckmin, que deixou o cargo no sábado, 07, para concorrer à presidência da República, anunciou na segunda-feira, 02, no Palácio dos Bandeirantes, a liberação de recursos da ordem de R$ 506,3 milhões para obras de modernização e recuperação de rodovias estaduais e estradas vicinais. As obras irão beneficiar 33 rodovias administradas pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER) e 40 estradas vicinais sob administração municipal. Cerca de R$ 116,3 milhões serão investidos nas estradas vicinais, mas, infelizmente, a vicinal “Vitório Prandi”, que liga Jales a Dirce Reis, foi mais uma vez esquecida.

O esquecimento não era esperado, uma vez que, em fevereiro, os prefeitos Flávio Prandi (DEM), de Jales, e Euclides Benini (DEM), de Dirce Reis, acompanhados pelo deputado Itamar Borges (MDB), estiveram no Palácio dos Bandeirantes onde se reuniram com o então vice-governador Márcio França (PSB), quando pediram apoio para a realização de obras de recuperação na vicinal que liga as duas cidades. Na ocasião, o deputado Itamar garantiu que estava trabalhando e fazendo gestões junto a alguns órgãos do governo estadual, visando a realização de obras de recuperação da vicinal “Vitório Prandi”. O deputado chegou a lembrar que “o governador Geraldo Alckmin autorizou a realização da obra durante passagem pela região”.

Itamar estava se referindo a uma suposta promessa feita por Alckmin em novembro de 2015, quando o tucano esteve na região para inaugurar algumas obras e passou por Jales e Dirce Reis. Segundo o então prefeito Pedro Callado, o governador ficou impressionado com o tráfego de caminhões na vicinal e determinou a realização de estudos para recuperação da estrada. Em janeiro de 2016, Callado reuniu a imprensa para dizer que técnicos do DER já tinham elaborado um relatório sobre a situação da vicinal e encaminhado ao governador. “A manutenção da vicinal, em princípio, é uma responsabilidade dos dois municípios – Jales e Dirce Reis – mas o governador atendeu a um pedido conjunto, meu e do prefeito Roberto Visoná, e está autorizando a realização da obra”, disse Callado, à época.

Apesar dos esforços feitos nos últimos anos por Callado, Visoná, Flá Prandi e Cridão, o governador não incluiu a “Vitório Prandi” entre as vicinais que serão beneficiadas pela liberação dos R$ 116,3 milhões. “Infelizmente, já faz tempo que nós estamos esquecidos porque a cidade não tem nenhum deputado”, disse um comerciante de Jales que utiliza a vicinal quase todos os dias. Ele citou o caso de Votuporanga, que tem o deputado tucano Carlão Pignatari como representante. “A Estrada 27, uma vicinal que liga Votuporanga a Sebastianópolis do Sul, foi recapeada há pouco tempo e está sendo beneficiada novamente nesse pacote do Alckmin”, ressaltou o comerciante. Além de Votuporanga, Fernandópolis também será beneficiada com a recuperação da rodovia “Percy Waldir Semeghini”, no trecho que vai até Ouroeste.

Prefeitura diz não ter recursos para obras na vicinal

Se depender da aplicação de recursos próprios da Prefeitura de Jales, até mesmo para uma simples operação tapa-buracos, os motoristas que transitam pela vicinal “Vitório Prandi” ainda vão ter que conviver por muito tempo com buracos e falta de sinalização. É o que diz a resposta do prefeito Flá Prandi a um requerimento encaminhado pela Câmara Municipal, onde o presidente do Legislativo, Wagner Selis, o Pintinho, pergunta sobre a situação da vicinal. No seu requerimento, Pintinho explica que o Ministério Público de Jales, acionado por uma moradora que utiliza frequentemente a vicinal “Vitório Prandi”, pediu providências à Câmara.

Na resposta, Flá explica que a recuperação da estrada tem sido uma preocupação constante da municipalidade, mas deixou claro que o município não dispõe de recursos financeiros e depende da liberação de verbas do governo estadual para resolver o problema. O prefeito revelou, ainda, ter esperanças de que um projeto do deputado Ricardo Madalena (PR) – que tira dos municípios e transfere para o governo estadual a responsabilidade pela manutenção de estradas vicinais – seja sancionado em breve pelo governador, o que facilitaria a obtenção de recursos através de convênios. O projeto – “SOS Vicinais” – já foi aprovado pela Assembleia Legislativa e aguarda a sanção do governador.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados