Administração diz que Procon e Iamspe não ficarão no Teatro

111219120018.jpg
Administração diz que o Procon e o Iamspe estão provisoriamente instalados nos camarins do teatro e que um novo local já está sendo providenciado

A Prefeitura de Jales informou que a acomodação de mais dois órgãos da burocracia estatal no Centro Cultural Dr. Edílio Ridolfo não será permanente. Até o mês passado, o Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) e o Procon (Proteção ao Consumidor) estavam alojados no Espaço Fioravante Boldrin (Ganha Tempo), mas tiveram que ser retirados de lá para dar espaço ao posto de atendimento do Poupatempo.

Como solução, a Secretaria de Administração resolveu alojá-los nos camarins do Teatro Municipal (atrás do palco), inviabilizando qualquer atividade cultural e atrapalhando as atividades da Escola Livre de Teatro. Principalmente porque os cidadãos que buscam atendimento nesses órgãos precisam usar a entrada da Rua Seis, por dentro da secretaria da escola. O caso foi denunciado pelo jornal A Tribuna em sua edição passada, publicada em 1º de dezembro.

O Iamspe e o Procon se juntaram ao CPMA (Central de Penas e Medidas Alternativas) que administra o cumprimento de sentenças aplicadas a quem comete crimes de menor potencial ofensivo. O CPMA é subordinado à Secretaria Estadual de Administração Penitenciária e ocupa as salas 3, 4 e 5 do prédio desde setembro do ano passado. Como nenhum desses órgãos desenvolve atividades relacionadas à cultura, a alocação deles no Centro Cultural tem gerado estranheza e protestos do setor.

Segundo a nota redigida pela Secretaria de Administração, um novo local já está sendo providenciado e os órgãos deverão ser novamente transferidos em breve.

NOTA DE

ESCLARECIMENTO

Os órgãos do Procon e Iamspe tiveram suas instalações transferidas de forma provisória, na quinta-feira, 14 de novembro, para as dependências do Teatro Municipal, com acesso independente pela Rua 06. A transferência ocorreu em decorrência de solicitação da Superintendência da Companhia de Processamento do Estado de São Paulo - PRODESP, pois o local onde tais órgãos estavam instalados será utilizado para implantação do posto de atendimento do Poupatempo em Jales. Para solucionar, de forma definitiva, a Prefeitura está locando um imóvel na região central, para transferir os dois órgãos.

A Secretaria Municipal de Administração tomou as providências necessárias para adequação do atendimento dos órgãos remanejados, em função da transformação do Ganha Tempo (conjunto de órgãos) em Poupatempo (conjunto de serviços). Inclusive ocorrerá, brevemente, nova transferência para outro local que já está em processo de locação pela Prefeitura Municipal para abrigar o Procon e o Iamspe.

Ressalta-se que o Poupatempo, programa do Governo do Estado de São Paulo mais bem avaliado pela população, é mantido há mais de 20 anos para facilitar ao cidadão o acesso às informações e serviços públicos. Este ano recebeu o Prêmio de “Melhor Serviço Público de SP”, em pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha.

A acomodação de órgãos com atividades diversas à cultura no Centro Cultural, como a Central de Penas e Medidas Alternativas, não prejudica as atividades de cultura, já que está alojada no piso superior daquele local e que também a Casa do Poeta sofreu melhorias e adequações para promoção de eventos culturais.

Por fim, a transferência não descumpre determinação de interdição do Teatro, haja vista que o local sofreu tais restrições apenas no auditório e palco de apresentações.

Secretaria Municipal de Administração

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados