Acompanhante escreve poema para agradecer atendimento oferecido pelo Hospital de Amor

200218090949.jpg
.

 

O Hospital de Amor é referência no tratamento oncológico no país e recebe pacientes de todos os estados brasileiros, oferecendo um serviço 100% gratuito. Conta com médicos qualificados e estruturas que se comparam aos melhores hospitais do mundo. Com o grande envolvimento de pessoas, o que não faltam são histórias de superação, causos inusitados e, claro, relatos de gratidão aos profissionais que trabalham na instituição.

Na última quarta-feira, dia 14, a acompanhante Ana Lúcia Fernandes de Oliveira, de 37 anos, da cidade de Jatai (GO), procurou o oncologista e diretor clínico da unidade de Jales, Dr. André Silveira, por quem relata ter muito carinho, para lhe entregar o poema que escreveu como forma de agradecimento pelo acolhimento recebido.

Ana conta que conheceu o hospital há mais de um mês e diz que ficou encantada com o tratamento que ela e a paciente Isabel de Oliveira Souza, de 54 anos, a quem está acompanhando, receberam quando chegaram. “Fiquei impressionada com a simplicidade, a humildade e todo carinho que as pessoas têm com a gente aqui. O Dr. André e outros colaboradores trataram a mim e a Isabel tão bem que isso me inspirou a escrever o poema. Fiz questão de entregar nas mãos dele.”, afirmou emocionada.

De acordo com o médico, esta não foi a primeira vez que ele recebeu um gesto de carinho vindo de pacientes. Mas, esta iniciativa em especial lhe chamou a atenção pela simplicidade e riqueza da atitude que a mulher teve. “É emocionante e gratificante para mim, enquanto profissional. Sinal de que estamos no caminho certo”, afirmou o médico.

Para a gerente administrativa do hospital, Camila Venturini, esse tipo de retribuição é resultado da humanização no atendimento aos pacientes e seus familiares, o que faz com que eles se sintam confortáveis e agradecidos. “A gratidão e o reconhecimento dos pacientes é um termômetro para avaliar o tratamento realizado”, finalizou Camila.

Ana, além de acompanhante da dona Isabel, também é “acompanhante solidária”, ficando ao lado e auxiliando os pacientes que não tem quem os acompanhe. “Se posso ajudar, eu ajudo. Além de me fazer muito bem, também estou fazendo o bem para o próximo. É a lição que fica.”, finalizou.

“HOSPITAL DO AMOR” JALES

Quando cheguei aqui, não foi difícil entender

o significado do nome desse lugar, que está

sempre pronto a todos pacientes, com amor receber.

Em cada setor, cada olhar, cada um

dos colaboradores demonstra nos seus

olhos e gesto uma linda forma de amar.

Fiquei tão emocionada e senti no coração

que aqui todos são recebidos com muito

amor e total dedicação.

Cada paciente é chamado pelo nome e por

mais problemas que estejam passando aqui

nesse hospital, de acordo com a vontade

de Deus, tudo vai se ajeitando.

É tão bom saber que existe um hospital

assim no Brasil, onde tudo está se deteriorando,

e aqui no hospital do amor o atendimento é nota mil.

Parabéns a toda equipe que trabalha com essas

pessoas doentes e com o psicológico abalado,

trazendo assim um pouco de esperança aos

pacientes com os seus corações despedaçados.

Ana – Jataí (GO).

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados