A Tribuna Mulher: Queda de Cabelo, por causa do estresse?!

250615141201.jpg
Foto/Divulgação

Acho que quase todas as mulheres já passaram ou vão passar por isso. Queda de cabelo é transtorno para toda e qualquer pessoa. As mulheres são as que mais se afetam, pois a cabeleira contribui para que elas se sintam belas e atraentes. Ele é uma expressão de nossa individualidade, um símbolo de saúde e feminilidade. Um cabelo bonito afeta não só nossa autoestima, mas também nossa influência sobre os outros: nosso cabelo é uma parte fundamental de nossa personalidade.

As quedas de cabelo nas mulheres podem acontecer por diversas causas, como por exemplo, doenças da tireoide, deficiência de ferro, amamentação, doenças infecciosas e autoimunes, entre outras. A causa exata da perda de cabelo vai determinar a quantidade de cabelo perdido, a velocidade com que isso acontecerá e que locais do corpo sofrerão mais com a perda de fios.

O site de notícias Beleza de Mulher, da algumas dicas para resolver esse problema:

"Acabe com o problema pela raiz

O cabelo é só um indicador do que está acontecendo no corpo todo. Então, o jeito é desestressar!

Como é feito o tratamento?

Com loções, remédios ou suplementos nutricionais indicados por um especialista, depois de pedir exames e avaliar seu caso.

Os fios vão nascer de novo?

O cabelo já foi parar no ralo? Calma: as coisas podem voltar ao normal. "Desde que o tipo de queda não cause dano definitivo ao folículo capilar, o fio voltará a crescer", explica Ademir Júnior, dermatologista especializado em tricologia (ciência que estuda o cabelo e os pelos do corpo).

Relaxe e comece a desestressar

1. Deseje ser diferente

O jeito mais eficiente de desestressar de vez é ter vontade de ser alguém mais calma e controlada. Só um desejo verdadeiro conseguirá fazê-la viver sem tanto corre-corre. Está em suas mãos!

2. Leve os sinais a sério

Tem gente que precisa de um chacoalhão para aprender a se cuidar. É triste ver o cabelo caindo, mas encare esse sinal como um ponto de partida para mudar. Aqui vai uma dica: que tal fazer as refeições com calma, mastigando bem alimentos saudáveis, em vez de engolir qualquer tranqueira às pressas?

3. Repita até se acostumar

Repare agora em como você está sentada lendo esta reportagem. A coluna está confortável ou toda torta? Você consegue inspirar e expirar direito? Fiscalize-se ao longo do dia e, em um mês, essa postura será "automática"!

4. Mude a lógica das emoções

Se você tem um olhar tão crítico para tudo e todos, certamente não verá nada de bom ao seu redor. Por outro lado, ao parar de querer que tudo saia do seu jeito, você verá que há beleza até no que, a princípio, parecia imperfeito.

5. Acredite no seu poder

Ter fé no próprio taco é fundamental para dar uma guinada e abandonar a fama de estressada. E não se iluda achando que diminuir o ritmo a deixará menos produtiva: ao fazer as coisas sem afobação, você não precisará ter de refazê-las por conta dos erros que a pressa causou. Devagar e sempre!

6. Peça um cafuné!

Qualquer coisa que ajude a aliviar o estresse evita queda de cabelo. "Até cafuné de mãe ajuda!", brinca o médico Ademir Júnior. Você também pode aproveitar para massagear o couro cabeludo quando estiver no banho."

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados