A Tribuna Mulher: Acabe com as estrias, sim senhor!

160615204309.jpg

As estrias podem trazer muitas frustrações para aquelas mulheres que gostam de cuidar do corpo. Estas marcas que parecem pequenos arranhões, são rompimentos das fibras elásticas que sustetam a pele da barriga, dos seis, das coxas.

Quando elas possuem um aspecto rosadas ou arroxeadas são recentes, podem apresentar discreta coceira e são acompanhadas por um processo inflamatório local e vasodilatação. Já as brancas, como são mais antigas, já ocorreu uma atrofia mais intensa das fibras colágenas e elásticas e não há inflamação envolvida. Em pessoas de pele morena ou negra, as estrias podem aparecer com uma coloração mais escura. 
Existem algumas dicas que podem, previnir ou remediar as tão terriveís marcas. A primeira delas é hidratação. Hidrar a pele diariamente é a melhor forma de prevenção. Na gravidez, o cuidado deve ser ainda maior. ?É importante ter uma dieta equilibrada, para não engordar muito. Também não coçar ou machucar a pele e usar o hidratante duas vezes ao dia?. 
O melhor horário para hidratar o corpo é imediatamente após o banho, não importando se ele acontece pela manhã ou à noite. Nos cinco minutos que se seguem ao banho, nossa pele absorve melhor os hidratantes?.

É importante manter a hidratação adequada, com o uso de cremes a base de uréia, lactato de amônio, óleo de semente de uva e amêndoas, rosa mosqueta, ácido hialurônico. Manter o peso constante, evitar o uso prolongado de corticoides e não usar anabolizantes, são formas também de evitar as benditas estrias.

COMBATÊ-LAS

Você hidratou, massageou, cuidou e, mesmo assim, viu esses rabiscos rompendo na pele. Tudo bem, acontece. A eficácia do tratamento irá depender da fase da estria, o local em que ela se encontra e sua espessura. É importante lembrar que não há cura total, mas há significativa melhora em sua aparência. A genética do paciente, a raça, a idade e a produção de colágeno individual são fatores que também influenciam no sucesso do tratamento.
Além disso, quanto mais cedo você iniciar o tratamento, maiores as chances de que os resultados sejam positivos. Há vários tipos de tratamento, desde cremes tópicos, aplicação de ácidos, lasers e peelings. Agora é a hora de ir atrás de um consultório médico e ver como você pode resolver. ?O dermatologista é o profissional mais indicado para diagnosticar e prescrever os tratamentos, ele irá avaliar qual ou quais os tratamentos indicados para cada caso.

Seis tratamentos recomendados para quem quer eliminar/evitar a estrias


1 – Ácido retinoico - Ppode ser usado em casa e o paciente usa para estimular a produção de colágeno. É importante manter a pele sempre hidratada.
2 – Subcisão - Procedimento cirúrgico no qual através de uma agulha apropriada faz-se uma ruptura das traves de fibrose produzindo hematoma no local e estimulando a produção de colágeno.
3 – Microdermoabrasão - Promove estímulo para reorganização dos tecidos da estria e facilita a penetração de outras substâncias, como o ácido retinóico. Deve ser feito com cuidado para evitar sangramentos no local.
4 – Infravermelho - A penetração da luz infravermelha produz aumento da temperatura na derme, chegando a 65°C, provoca desagregação do colágeno, contração do mesmo, e estímulo à produção do novo colágeno com remodelação da derme.
5 – Laser não-ablativo - Tem ponteiras precisas que não machucam a epiderme, portanto, podem ser realizados em qualquer tipo de pele e época do ano, mas demandam um maior numero de sessões.
6 – Laser ablativo e fracionado - É uma excelente opção de tratamento, tem um dano térmico controlado e requerem poucas sessões. Esse método é eficaz em estrias antigas. Uma desvantagem do tratamento é o desconforto na hora das aplicações e um tempo de recuperação mais longo.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados