34 condutores foram flagrados dirigindo alcoolizados na região

130120092833.jpg
A Polícia Rodoviária autuou 34 motoristas alcoolizados nas rodovias da região durante a Operação Ano Novo

Apesar de todas as campanhas de conscientização sobre os perigos de dirigir sob efeitos de álcool e dos trágicos acidentes registrados em 2019 por conta dessa prática criminosa, a Polícia Rodoviária Estadual flagrou 34 motoristas conduzindo veículos nessa situação durante a Operação Ano Novo nas rodovias da região. Foram aplicados 306 testes de alcoolemia, sendo que alguns motoristas autuados se recusaram a se submeter ao etilômetro (bafômetro).

Mas essa não foi a única infração grave cometida por falta de cuidados simples de segurança. Também houve 392 por falta do cinto de segurança, e 44 por ultrapassagem em local proibido. Ambas consideradas as principais causas de fatalidade nas rodovias.

O número é bem maior que o registrado em 2017, quando apenas 22 motoristas foram autuados pelo mesmo motivo durante os quatro dias da tradicional operação. Há dois anos, houve 35 acidentes com 28 vítimas leves, 3 graves e nenhum óbito.   

A operação foi realizada entre os dias 27 de dezembro e 2 de janeiro pelo 3º Batalhão de Polícia Militar Rodoviária com sede em Rio Preto e alcançou cerca de 1.790 km de rodovias sob sua jurisdição, que inclui bases de Votuporanga, Fernandópolis, Jales, Santa Fé do Sul e Sud Menucci

Na oportunidade foram desenvolvidas várias operações voltadas a coibir a criminalidade, embriaguez, ultrapassagem em locais proibidos bem como atuação rigorosa na fiscalização de trânsito, retirando de circulação os veículos irregulares ou sem condições de segurança, com o objetivo de coibir condutas nocivas à segurança viária e, conseqüentemente, preservar vidas no trânsito.

Segundo os dados fornecidos pelo comando do batalhão, durante os seis dias de operação foram fiscalizados 696 veículos, registradas 2.407 imagens de radar e 864 autuações, sendo 392 por falta do cinto de segurança, 44 por ultrapassagem em local proibido e 80 aplicadas a motociclistas.

Como resultado da desobediência às leis de trânsito, houve 43 acidentes nas rodovias da região durante os seis dias da Operação Ano Novo. Desses 22 resultaram em vítimas (30 leves, 7 graves e uma morte).   

BALANÇO ESTADUAL

Entre os dias 20 de dezembro de 2019 e 5 de janeiro de 2020, durante as festas de Natal e Ano Novo, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), registrou queda de 12,2% no número de acidentes e de 8,6% no número de vítimas fatais nas rodovias estaduais de acesso ao Litoral Paulista, mesmo com um fluxo de veículo 6,3% maior do que no ano anterior.

Neste ano, o número de acidentes foi de 264 contra 301 ocorrências registradas no período do ano passado. Já o número de mortes caiu de nove para quatro neste ano.

O DER também registrou nesta operação a passagem de 3,6 milhões de veículos pelas rodovias de acesso ao litoral paulista, litorâneas e de acesso ao Oeste Paulista – número 6,3% maior em comparação ao ano passado, quando 3,3 milhões de veículos seguiram viagem com destino ao litoral.

Durante os 17 dias de operação especial que envolveu o Natal e o Ano Novo, foram realizados 2.943 atendimentos aos usuários. Deste total, 69,6% dos atendimentos foram decorrentes de panes nos veículos, ou seja, 2.049 atendimentos.

Deixe um comentário

Parceiros

050315164829.jpg
050315165005.jpg
050315163746.jpg
050315172328.jpg
050315171824.jpg

Colunistas

Últimas Notícias

A Tribuna TV

Enquete

Para combater o mosquito que transmite Zika,Dengue e Chikungunya, os agentes de saúde devem ou não entrar nos locais com suspeita de foco mesmo sem a autorização do proprietário?



Resultados